Tour Cycliste International du Haut Var-matin (2.1) - Antevisão


Com as clássicas da primavera quase a iniciarem, muitos dos que marcarão presença nelas estão a fazer a últimas provas de preparação, de forma a rodar e a apresentarem-se nas melhores condições.

No entanto, a concorrência de provas como o Tour do Omã, Volta ao Algarve e Vuelta a Andaluzia, que ainda estão a decorrer, ofusca um pouco a prova francesa. Sem as grandes figuras do pelotão internacional, a prova contenta-se em ter algumas das principais figuras do pelotão francês.

Esta será a 49ª edição da prova gaulesa, que tem o seu palmarés dominado pelos ciclistas da casa. O primeiro vencedor foi nada mais nada menos, que o 'ciclista do povo', Raymond Poulidor. Outros nomes famosos conquistaram a prova, Joop Zoetmelk, que é o recordista de vitórias, com 3 no total.

História
últimos 10 vencedores
2007 Filippo Pozzato (ITA) Liquigas
2008 Davide Rebellin (ITA) Gerolsteiner
2009 Thomas Voeckler (FRA) Bbox Bouygues Telecom
2010 Christophe Le Mével (FRA) Française des Jeux
2011 Thomas Voeckler (FRA) Team Europcar
2012 Jonathan Tiernan-Locke (GBR) Endura Racing
2013 Arthur Vichot (FRA) FDJ
2014 Carlos Betancur (COL) Ag2r–La Mondiale
2015 Ben Gastauer (LUX) AG2R La Mondiale
2016 Arthur Vichot (FRA) FDJ

Edição 2016 (Top-10)
1    Arthur Vichot (Fra) FDJ    5:15:11   
2    Jesus Herrada Lopez (Spa) Movistar Team        
3    Alexis Vuillermoz (Fra) AG2R La Mondiale        
4    Petr Vakoc (Cze) Etixx - Quick-Step        
5    Diego Ulissi (Ita) Lampre - Merida        
6    Angelo Tulik (Fra) Direct Energie        
7    Julien Simon (Fra) Cofidis, Solutions Credits        
8    Giovanni Visconti (Ita) Movistar Team        
9    Maxime Bouet (Fra) Etixx - Quick-Step        
10    Mikael Cherel (Fra) AG2R La Mondiale

Percurso
Etapa 1 - 18 de fevereiro - Le Cannet-des-Maures › Saint-Paul-en-Forêt, 153.7 Km
Etapa 2 - 19 de fevereiro - Draguignan › Draguignan, 206.8 Km

O percurso tem variado ao longo dos anos. A edição deste ano conta com uma primeira etapa ideal para puncheurs e um segundo dia mais desgastante, com muitas subidas, mas com um final em plano. 

Perfis
Etapa 1 - 18 de fevereiro - Le Cannet-des-Maures › Saint-Paul-en-Forêt, 153.7 Km

O primeiro dia apresenta um percurso com constante sobe e desce. Serão 153,7 Kms com partida em Le Cannet des Maures e chegada em Saint-Paul-en-Foret.
Os primeiros 60 Kms são pacíficos, sem grandes complicações, apartir daí, o terreno muda, com subidas e descidas a marcarem o resto da etapa, não havendo descanso para os ciclistas.
Aos 122,7 Kms os corredores passarão pela primeira vez na meta e voltarão a cruzá-la no final da etapa, aos 153 Kms. 
Os últimos 2,4 Kms são a subir, a inclinação média não é muito elevada (4,4%).

** Arthur Vichot
* Mauro Finetto

Etapa 2 - 19 de fevereiro - Draguignan › Draguignan, 206.8 Km

A segunda e última etapa, habitualmente é a etapa raínha da prova e a região de Draguignan tem sido o palco tradicional do segundo dia.
O inicio consiste num circuito de 25 Kms de extensão, com destaque para a subida de 2ª categoria, Bastide de Tourtour, que terá de ser ultrapassado por 3 vezes. Depois de sair do circuito, os ciclistas terão de subir duas vezes, o Col de la Grange, que também é de 2ª categoria.
Aos 168,1 Kms, passarão pela primeira vez na meta e uma segunda vez. A caminho do final, os corredores ainda terão de passar a Cote des Tuillères, que tem o topo a cerca de 15 Kms da meta.

** Samuel Dumoulin
* Pierre Latour

Startlist
Aqui

Favoritos
Arthur Vichot começou o ano muito bem ao vencer o GP la Marseillaise. Depois de ter abandonado por doença na Etoile Bessèges, o campeão francês voltou à cargas, no Trofeo Laigueglia, onde foi 7º. Tem de se ter em conta que também é o vencedor da edição passada.
O italiano Mauro Finetto também começou o ano bem, com 7º lugar na Marseillaise, um 3º lugar numa das etapas da Etoile Bessèges e foi 3º em Laigueglia. Será a principal aposta da Delko Marseille.
Outro corredor que entrou forte em 2017, foi Pierre Latour. Foi 4º na Etoile Bessèges e está inserido numa equipa muito forte, que além dele, tem: Samuel Dumoulin e Mickael Cherel, que também são candidatos à vitória.
Um dos homens mais rápidos presentes é Francesco Gavazzi. O italiano é um candidato a ganhar uma etapa e quem sabe a lutar por um lugar nos primeiros lugares na geral. No entanto, pensamos que o percurso é um pouco duro para ele, principalmente a etapa de domingo.
Lilian Calmejane é outro dos que começou bem o ano, venceu a Etoile Bessèges e foi 15º em Laigueglia. Lidera a Direct Energie nesta prova, que também alinha com Sylvain Chavanel e Thomas Voeckler.
Romain Hardy foi 2º em Laigueglia e é outro dos nomes a ter em conta, pelo o bom inicio de temporada. A Fortuneo, também conta com o 2º classificado na Marseillaise, Maxime Bouet.
A BMC conta com, Silvan Dillier, Brent Bookwalter e Damiano Caruso, mas é o primeiro que pensamos que terá mais hipóteses. O suiço tem começado bem as temporadas e este ano não foi diferente, mostrou-se no Dubai e só não teve mais destaque porque a etapa onde poderia ter feito a diferença, em Hatta Dam, foi cancelada.

***** Arthur Vichot **** Samuel Dumoulin, Mauro Finetto, Pierre Latour
*** Francesco Gavazzi, Romain Hardy, Lilian Calmejane, Silvan Dillier, Sylvain Chavanel
** Maxime Bouet, Mikael Cherel, Julien Simon, Brent Bookwalter
*  Jonathan Hivert, Davide Rebellin, Romain Combaud, Anthony Roux, Alexandre Geniez
 
A nossa aposta: Arthur Vichot
Outsider: Mauro Finetto

Seguir em directo: Directvelo

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário