Vuelta 2016 - Antevisão 20ª etapa

E chegou a última oportunidade dos homens da geral lutarem entre si. Froome recuperou uma parte do tempo no contra-relógio, será que consegue recuperar o resto para Quintana?
E Contador e Chaves o que farão?

Mapa da 20ª etapa
Perfil da 20ª etapa
Etapa muito dura para finalizar a 'guerra' entre os favoritos. Serão 5 contagens de montanha, quatro de 2ª categoria e uma de categoria especial, aquela que coincide com a meta, o brutal Alto de Aitana.
No ano passado a 20ªe etapa da Vuelta foi dos momentos de ciclismo mais espectaculares, o mesmo espera-se desta edição.
São cerca de 4192 metros de subida acumulada, num dia começa-se a subir logo aos 18 Kms e depois é constante sobe e desce. Ataques dos homens da geral, são esperados, principalmente de Froome, Contador e Chaves, todos a tentar recuperar o tempo perdido. A Movistar e Quintana terão de estar atentos.
O Alto de Aitana é a última subida do dia e coincide com a meta. É a última subida da Vuelta, é muito longa, são 21 quilómetros, a uma inclinação média de 5,9%, numa subida em que os primeiros Kms são irregulares com algumas zonas planas. Os 11 Kms finais são sempre constantes, com pendentes abaixo do 10%, mas acima dos 6%.
Subidas categorizadas:
Km 31.0 - Coll de Rates: 13.0 km a 3.0% - 2ª categoria
Km 62.0 - Alto de Vall de Ebo: 8.0 km a 5.4% - 2ª categoria
Km 82.6 - Alto de Tollos: 4.1 km a 5.9% - 2ª categoria
Km 148.4 - Puerto de Tudons: 7.1 km a 5.3% - 2ª categoria
Km 193.2 - Alto Aitana: 21.0 km a 5.9% - Categoria Especial

Alto de Aitana

Cidade de partida: Benidorm

Benidorm
Benidorm é um município da Espanha na província de Alicante, comunidade autónoma da Comunidade Valenciana. A cidade fica situada na chamada Costa Blanca e a sua principal fonte de riqueza é o turismo. De facto, as suas magníficas praias e a grande capacidade hoteleira tornaram esta cidade num dos mais importantes centros turísticos do país.
Benidorm vive dada ao turismo durante todo o ano. O seu microclima faz com que o fluxo de visitantes se mantenha durante doze meses. Goza (em média) de 300 dias de sol por ano e tem uma temperatura média anual de 19 graus.
Mas não só de praia se faz a visita a Benidorm, uma caminhada pelas suas ruas dá a conhecer o seu passado como um povo.

Cidade de chegada: Alto de Aitana

Alto de Aitana
A Serra de Aitana é uma cordilheira que faz parte do sistema Bético, no seu extremo mais oriental dentro da Península Ibérica. Está enquadrado no norte da província de Alicante. O seu pico máximo situa-se a 1.558 metros de altitude.
No Alto de Aitana localiza-se uma das unidades da Força Aérea Espanhola, denominada por Esquadrão de Vigilância Aérea número 5. Esta unidade foi criada em 1957 mas já sofreu renovações por diversas vezes. Está equipada com um radar de deseja aérea e equipas de comunicações para conectar-se com as aeronaves em voo.

Condições atmosféricas
Algumas nuvens marcarão o dia, mas as temperaturas rondarão os 27 ºC. O vento soprará de Este, com rajadas de 30 Km/h.



Favoritos:
Espera-se que uma fuga se crie nos primeiros Kms da tirada. No entanto as equipas Sky, Tinkoff e Orica, deverão estar muito activas na tentativa de colocar homens à frente, para que depois os seus líderes ataquem ainda longe da meta. A Movistar, terá de estar muito atenta a todas as movimentações.

*** Esteban Chaves, Nairo Quintana
** Alberto Contador, Chris Froome, Simon Yates
* Michele Scarponi, Andrew Talansky, Gianluca Brambilla, Alejandro Valverde

A nossa aposta: Esteban Chaves
O colombiano da Orica terá de atacar ainda longe para tentar assaltar o pódio ou então paenas irá tentar ganhar a etapa. Tem melhorado na montanha ao longo da prova, por essa razão, é a nossa aposta para esta etapa.
A marcação que deverá haver entre Quintana e Froome, também o pode beneficiar.

Outsider: Nairo Quintana
O líder da prova e a sua equipa apenas terão de se preocupar com Froome. No entanto, uma ataque de longe de outros também é bem possível que aconteça.
Se todos chegarem juntos à subida final, Quintana apenas terá de se manter na roda de Froome e arrancar nos metros finais.

Seguir em directo: Eurosport 1, TVI24, @lavuelta, #LV2016

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário