Vuelta 2016 - Antevisão 14ª Etapa

Aqui está ela, a etapa raínha da Vuelta a Espanha deste ano. Curiosamente praticamente toda a tirada será percorrida em território francês e termina no icónico Aubisque.
Mapa da 14ª etapa
Etapa demolidora, com 4 contagens de montanha, 3 de 1ª categoria e chegada ao Aubisque é de categoria especial, em quase 200 Kms. Os primeiros 50 Kms são praticamente planos, mas apartir daí é subir, descer e voltar a subir e descer. 
Espera-se que a corrida seja mexida ainda antes da última montanha, com Alberto Contador a ser o principal candidato a o fazer, já que se encontra a mais de 3 minutos de que Quintana.
A Movistar e a Sky certamente esperarão pela subida final, com Quintana e Froome a serem os principais candidatos.
A subida ao Aubisque, já se sabe que é muito dura, ou não fosse uma subida de categoria especial.É uma subida muito constante, sem grande variações de inclinação, com o gradiente máximo a serem 10%. Procurar encontrar o ritmo certo é o segredo.
Aqui ficam as subidas categorizadas:
Km 62.9 - Alto de Inharpu 11.5 km a 7.1% - categoria 1
Km 111.8 - Alto de Soudet 24 km a 5.2% - categoria 1
Km 157.7 - Alto de Marie-Blanque 9.2 km a 7.5% - categoria 1
Km 196.1 - Aubisque - Gourette 16.5 km a 7.1% - categoria especial
Perfil da 14ª etapa

Alto de Inharpu

Alto de Soudet

Alto de Marie-Blanque

Aubisque - Gourette

Cidade de partida: Urdax-Dantxarinea

Urdax-Urdazubi
Urdax-Urdazubi é um município espanhol de Navarra, localizado na comunidade de Pamplona.
Está localizada num ambiente privilegiado, a cidade de Urdax-Urdazubi é o complemento ideal para as florestas e montanhas circundantes, a combinação única de seus lugares e seu povo, um lugar onde mistura história, natureza, tradição, gastronomia e desporto.
Entre as maiores atracções da cidade, destaca-se o antigo mosteiro de San Salvador datado do século IX, magníficas grutas Ikaburu, exposições de arte e um turismo rural e cultural de qualidade.
Urdax, tem uma das áreas comerciais de referência na região, Dantxarinea, onde se pode encontrar de tudo um pouco: alimentos, vinhos e bebidas espirituosas, talhos, peixarias, bazar, moda, tecnologia, etc. Possui ainda vários restaurantes onde pode experimentar a gastronomia local.

Cidade de chegada: Aubisque - Gourette

Aubisque
Aubisque localiza-se no lado francês dos Pirenéus e encontra-se a cerca de 1700 metros de altitute. 
Tal como uma vitrine da natureza, as belíssimas fazendas Bascas recebem a caravana d aVuelta. Pelo caminho até à meta, o pelotão passará em Ainhoa e Sacre, aldeias típicas e conhecidas como "as mais belas da França". 
O alto de Aubisque é um dos clássicos dos Pirinéus, e aquele que todos os aficionados do ciclismo quer subir. Depois de Laruns, o caminho se endireita até à estância de esqui de Gourette e após os elevadores e pistas de esqui, é onde a vitória deverá ser decidida, pois os últimos quilómetros conta com uma inclinação de quase 10%.

Condições atmosféricas
Dia de muito Sol nos Pirinéus. Com temperaturas muito agradáveis, mesmo no topo das montanhas, 24º a 27º C, são esses os valores esperados durante a etapa. Vento fraco na maior parte do percurso.




Favoritos:
Etapa, que terá a habitual fuga, que tem fortes probabilidade de ter sucesso, isto caso a Movistar ou a Sky permitirem.
Entre os favoritos, espera-se uma luta entre Quintana e Froome. Contador provavelmente tentará algo de longe, numa espécie de tudo ou nada, mas sem equipa torna-se complicado ter sucesso.

*** Nairo Quintana, Chris Froome
** Alejandro Valverde, Esteban Chaves, Alberto Contador
* FUGA (Omar Fraile, Thomas de Gendt, Gianluca Brambilla, Luis Léon Sanchez, Robert Gesink)

A nossa aposta: Nairo Quintana

Até agora tem sido o mais forte, mas o ciclismo é sempre uma incógnita o futuro. Pelas demonstrações que nos tem dado nesta Vuelta, é a nossa aposta para a etapa raínha da prova.
O duelo com Froome promete.

Outsider: Alberto Contador
É o nosso outsider, porque pensamos que o espanhol tentará uma daqueles ataques de longe. Para o Pistolero, é tudo ou nada, abaixo do 1º lugar não serve e todos esperamos um ataque à maluca no Soudet ou no Marie-Blanque.

Seguir em directo: Eurosport 1, TVI24, @lavuelta, #LV2016

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário