Vuelta a Burgos (2.HC) - Antevisão


A Vuelta a Burgos vai para a 38ª edição, a primeira aconteceu no longínquo ano de 1946. A prova costuma servir para a última preparação de quem irá participar na Vuelta, por esse motivo gera sempre muito interessa à sua volta.
Os corredores espanhóis dominam a lista de vencedores com 27 vitórias, com Marino Lejarreta a ser o recordista de vitórias com 4 triunfos à geral.

História
últimos 10 vencedores
2006 Iban Mayo (ESP)
2007 Mauricio Soler (ESP)
2008 Xabier Zandio (ESP)
2009 Alejandro Valverde (ESP)
2010 Samuel Sánchez (ESP)
2011 Joaquím Rodríguez (ESP)
2012 Daniel Moreno (ESP)
2013 Nairo Quintana (COL)
2014 Nairo Quintana (COL)
2015 Rein Taaramäe (EST)

Edição 2015
1 Daniel Moreno Fernandez (Spa) Team Katusha 4:23:25
2 Rein Taaramae (Est) Astana Pro Team 0:00:13
3 Pierre-Roger Latour (Fra) AG2R La Mondiale 0:00:17
4 Michele Scarponi (Ita) Astana Pro Team 0:00:19
5 Rodolfo Torres (Col) Colombia 0:00:25
6 Winner Anacona (Col) Movistar Team 0:00:33
7 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team
8 David Belda (Spa) Burgos BH 0:00:57
9 Jesus Herrada (Spa) Movistar Team 0:01:32
10 Ruben Fernandez (Spa) Movistar Team 0:01:40

Percurso
 01.08 Etapa 1 - Sasamón › Melgar de Fernamental (158 Km) 02.08 Etapa 2 (CRE) - Burgos › Burgos (10.72 Km) 03.08 Etapa 3 - Sedano › Villarcayo (198 Km) 04.08 Etapa 4 - Aranda de Duero › Lerma (145 Km) 05.08 Etapa 5 - Caleruega › Lagunas de Neila (163 Km)

A abrir a prova temos uma etapa para sprinters. Ao 2º dia aparece um contrarelógio colectivo de pouco mais de 10 Kms, que pode já dar algumas diferenças.
A 3ª etapa, não é uma jornada muito complicada, 3 contagens de montanha de 3ª categoria a última a menos de 20 Kms da meta, que pode fazer alguma selecção no grupo da frente, mas a chegada não é em alto.
A 4ª etapa não é de alta montanha, mas tem um final em subida e ideal para puncheurs. 
A 5ª e última etapa é aquela que decidirá a prova, com a chegada a ser a Lagunas de Neila, uma subida de categoria especial, no entanto a etapa é toda ela muito dura, com 7 contagens de montanha (duas de 3ª, três de 2ª, uma de 1ª e 1ª de categoria especial).


Etapa 1:
Perfil da 1ª etapa
*** Danny Van Poppel
** Kristian Sbaragli
* Wouter Wippert

Etapa 2:
Perfil da 2ª etapa
*** Movistar
** BMC
* Etixx-Quickstep

Etapa 3:
Perfil da 3ª etapa
*** Kristian Sbaragli
** Carlos Barbero
* Jempy Drucker

Etapa 4:
Perfil da 4ª etapa
*** Gianluca Brambilla
** Simon Yates
* Samuel Sanchez

Etapa 5:
Perfil da 5ª etapa
*** Alberto Contador
** Rúben Fernandez
* Simon Yates

Startlist

Favoritos

*** Rúben Fernandez, Simon Yates
** Alberto Contador, Hugh Carthy, Domenico Pozzovivo
* Samuel Sanchez, Sebastian Henao, Gianluca Brambilla

A nossa aposta: Rúben Fernandez
A Movistar venceu a prova em 2013 e 2014 através de Quintana e procurará repetir a façanha este ano. O líder da equipa para aqui é Rúben Fernandez, um talento nato, que já venceu o Tour d'Avenir em 2013.
Na Volta à Polónia foi 6º da geral e está em bom momento, em Burgos deverá continuar a boa forma. Tem também a vantagem de ter uma boa equipa no contrarelógio colectivo, o que lhe permitirá chegar ao último dia bem posicionado.
Outsider: Alberto Contador
Só não o colocamos como principal favorito, porque a sua condição física é uma incógnita. Depois do Tour, esteve uns dias em repouso e está-se a preparar para a Vuelta. É natural que se mostre forte no último dia, até para testar as pernas. No entanto, não será surpreendente se ainda não estiver perto do melhor.

Seguir em directo: @VueltaABurgos, #VueltaBurgos

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário