Vuelta 2016 - Antevisão 3ª Etapa

Ao terceiro dia, aparece a montanha mais a sério, com final no curto mas rompe pernas, Mirador de Ézaro.

Mapa da 3ª etapa

Perfil da 3ª etapa

A Galiza continua a ser o palco da Vuelta, com a 3ª etapa a poder marcar algumas diferenças. 
Os primeiros 110 Kms são praticamente planos, realizados pela costa galega, com passagem por algumas localidades bem conhecidas dos portugueses, como Pontevedra, Sanxenxo e Arousa.
As dificuldades estão todas nos últimos 76 Kms, com 3 contagens de montanha:
-Km 118.0 - Alto Lestaio.8.3 km de subida a 5.3% - categoria 3
-Km 155.4 - Alto Das Paxareiras.9.3 km de subida a 5.4% - categoria 2
-Km 176.4 - Mirador de Ézaro.1.8 km de subida a 13.8% - categoria 3

O final é no Mirador de Ézare, uma subida curta, mas com pendentes brutais. Mas antes disso, a 20 Kms do final, aparece o Alto das Paxareiras, que apesar de ter apenas 5,4% de pendente média em 9,3 Kms, tem várias zonas bem acima dos 10%. Uma selecção já deverá ser feita nesta subida.
O Mirador de Ézare, com pendentes brutais, uma das rampas ronda os 29%!

Alto das Paxareiras
Mirador de Ézaro

Cidade de partida: Marín

Praia de Marín
Marín é um município da Espanha na província de Pontevedra, comunidade autónoma da Galiza, e da comarca do Morraço. 
Marín tem um importante porto pesqueiro, com uma desenvolvida indústria pesqueira. Também é um município com um intenso turismo e possui uma Escola Naval Militar.
Antigamente Marín chamava-se San Xiao de Ancorados por causa dos navios ancorados nas proximidades. Os antigos também dizem que o seu nome vem do 'mare' palavra latina, que significa mar.

Cidade de chegada: Dumbría


Mirador de Ézaro
Dumbría é um município da Espanha na província da Corunha, comunidade autónoma da Galiza.
A paisagem do Dumbría oferece, graças ao seu clima e sua geografia, uma riqueza e diversidade enorme. Podemos passear por praias de areia, subir montanhas de granito, caminhar e contemplar vales fluviais.

Condições atmosféricas
As temperaturas rondarão os 30ºC. O vento soprará fraco, apesar de grande parte da etapa decorrer ao longo da costa galega, que costuma ser ventosa.
















Favoritos:
As equipas dos homens da geral deverão controlar a corrida. No Alto das Paxareiras, a primeira selecção será realizada, com o Ézaro a decidir o vencedor. A subida é ideal para os Puncheurs, curta e explosiva.

*** Esteban Chaves
** Simon Yates, Alberto Contador, Steven Kruijswijk, Chris Froome, Alejandro Valverde
* Nairo Quintana, Miguel Angel Lopez, Tejay Van Garderen, Warren Barguil, Philippe Gilbert

A nossa aposta: Esteban Chaves
É um ciclista capaz de ganhar neste tipo de subidas, como aconteceu na edição do ano passado. O Colombiano este ano estará mais vigiado, mas mesmo assim chega a esta Vuelta focado num grande resultado na geral e este dia é uma oportunidade para confirmar a sua candidatura ao pódio.

Outsider:
Alberto Contador
Depois de ter perdido 52 segundos logo na primeira etapa, este é o primeiro dia em que o espanhol pode começar a recuperar tempo em relação ao rivais. A subida final não é ideal para as suas características, no entanto, também não se dá tão mal quanto isso. Em 2012, na última vez que a Vuelta visitou o Ézaro, o corredor de Pinto, foi apenas batido por Joaquim Rodriguez.


Seguir em directo: Eurosport 1, TVI24, @lavuelta, #LV2016

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário