Giro 2016 - Antevisão 2ª Etapa

Depois de um contra-relógio frenético, ou não tivesse ganho um homem da casa, o Giro continua assim por terras holandesas com uma etapa praticamente em linha.

Perfil 2ª Etapa
A 1ª etapa em linha desta edição é completamente plana, como é habitual, até porque estamos na Holanda e não seria de esperar algo diferente. Serão 190 km praticamente planos, com a única excepção a ser uma subida categorizada, o Berg en Dal (1,13 km em 6,5% , GPM 4), que nos irá dar a conhecer, a 45 km do final, o primeiro dono da camisola azul. A etapa acaba num circuito de 8,6 Km de extensão, na cidade de Nijmegen, serão duas voltas. 

Parte final da Etapa

Contagem de montanha 4ª categoria


Cidade de partida: Arnhem


Vista da cidade de Arnhem
Arnhem é uma cidade localizada em Gelderland, nas margens do rio Reno, sendo mesmo a capital desta província.
Cidade é conhecida pelas várias atracções, museus e, muito em parte pelo Parque Nacional Hoge Veluwe. Passeie pela cidade antiga, conheça as suas praças e monumentos históricos. No verão a zona do cais é muito popular, com os bares e restaurantes.

Cidade de chegada: Nijmegen

Centro da cidade Nijmegen
É considerada a cidade mais antiga da Holanda. Localizada na província de Gelderland a poucos quilómetros da Alemanha. 
Num passeio a pé conseguimos encontrar não só as marcas do seu passado histórico, mas também o lado mais moderno. 
A cidade é historicamente muito rica, o que deu origem a vários museus. Numa visita à cidade existem alguns a não perder, como por exemplo, o Museu Het Valkhof especialmente famoso pelos artefactos arqueológicos romanos. Mas, Nijmegen é igualmente perfeita para quem gosta de actividades ao ar livre. Caminhar, andar de bicicleta e, a não perder, as reservas naturais de Ooijpolder e Duffelt.

Condições atmosféricas
Dia com muito Sol em toda a região, com temperaturas a rondar os 23/24 ºC. O vento soprará de Sudeste com rajadas de 30 a 35 Km/h.

Previsão do estado do tempo para a região de Nijmegen

Favoritos
*** Marcel Kittel
** Elia Viviani, Sacha Modolo, Giacomo Nizzolo
* André Greipel, Jakub Mareczko, Kristian Sbaragli, Moreno Hofland, Matteo Pelucchi, Nikias Arndt

A nossa aposta: Marcel Kittel
É sem dúvida alguma o melhor sprinter da actualidade. Tem tido um 2016 bastante positivo com diversas vitórias e chega ao Giro como o homem a bater nas etapas para sprinters. A equipa que o acompanha terá de controlar a corrida, o que é uma tarefa que está habituada a realizar. O comboio de Kittel conta com nomes como Trentin e Sabatini, homens experientes que dão garantias que o alemão chega aos metros finais em condições de lutar pela vitória.
Outsider: Elia Viviani
Apesar da equipa estar com o claro objectivo de ajudar Landa, o sprinter italiano é um dos homens a ter em conta para este tipo de chegadas. Este ano foi dos poucos que conseguiu bater Kittel numa chegada.

Seguir em directo: #giro, Eurosport 1, @giroditalia

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário