Histórias e curiosidades do Tour de France (Parte I)


Desde que o Tour de France foi criado, já no longínquo ano de 1903, ao longo das primeiras 101 edições, 60 ciclistas diferentes ganharam a prova. Quatro ciclistas venceram a prova por cinco vezes: Jacques Anquetil, Eddy Merckx, Bernard Hinault e Miguel Indurain. Três ciclistas por três vezes, doze ganharam duas vezes, sendo as restantes edições vencidas por ciclistas que alcançaram a vitória por uma só vez.

O ciclista com mais pódios do Tour é o francês, Raymond Poulidor, com um total de oito, a seguir surge o holandês, Joop Zoetemelk com sete. Este último é o corredor com mais "segundos lugares" foram seis as vezes que ficou no lugar mais ingrato de todos. A seguir surge Jan Ullrich com cinco. Poulidor que como disse anteriormente detém o recorde de pódios terminou em segundo por três vezes e em terceiro por cinco. O belga Lucien Van Impe, fez terceiro em três edições da prova.
O ciclista que por mais dias andou com a camisola amarela foi o 'canibal', Eddy Merckx, que envergou de amarelo um total de 111 dias! Bernard Hinault andou de amarelo 79 dias e Miguel Indurain fecha o top-3 com um total de 60 dias de amarelo. 
O ciclista que mais vezes venceu a montanha foi Richard Virenque, num total de sete vezes, a seguir surgem Federico Bahamontes e Lucien Van Impe que foram os reis da montanha por seis ocasiões. Quanto à camisola verde dos pontos, o ciclista que mais vezes a levou para casa foi Erik Zabel da Alemanha, que dos anos de 1996 a 2001 dominou esta classificação. Seán Kelly, que é o detentor de vitórias do Paris-Nice até à data, levou a verde para casa por quatro vezes, e depois existem vários corredores que já a venceram por três vezes, sendo que um deles ainda está no activo e a julgar pela sua idade pode muito bem bater o recorde, falo de Peter Sagan é claro.
Eddy Merckx é até aos dias de hoje o único ciclista a vencer no mesmo Tour de France a camisola amarela, a verde e a da montanha. O recorde de etapas é também de Eddy, com um total de 34, seguido de Bernard Hinault com 28. Com 25 etapas "no bolso" surgem André Leducq e Mark Cavendish, sendo que o Britânico ainda deverá vencer mais alguma(s) até ao final da sua carreira desempatando no mínimo com Leducq.
Nos anos 70 houveram três Tours que foram dominados por um ciclista de uma forma assombrosa na linha de meta, em 1970 e 1974 Merckx vence oito etapas e em 1976, Freddy Maertens vence outras oito. Os belgas estavam num momento fantástico na alta roda do ciclismo mundial. Muito antes dos dois Belgas houve um corredor que tinha alcançado este feito, o francês Charles Pélissier, que em 1930 venceu também oito etapas. O maior de domínio de vitórias de etapa de forma consecutiva pertecem a François Faber, do Luxemburgo que em 1909 venceu cinco vezes seguidas, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª etapas. Já mais recentemente Mario Cipollini venceu por quatro vezes seguidas, na 4ª, 5ª, 6ª e 7ª etapas em 1999.
Nas chegadas à meta, generalizando por países, o saldo é favorável a França, com um total de 691, depois Bélgica com 468 e Itália fecha o pódio com 259 vitórias.


 


Também pode interessar:

jdragon cycling team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário