GP della Costa Etruschi (1.1) - Antevisão


O GP della Costa Etruschi, é a clássica que abre a temporada Italiana. Será a 20ª edição desta prova, em 19 edições, o grande dominador é Alessandro Petacchi, que venceu por seis vezes esta prova. Outros nomes que venceram esta prova, foram, Mario Cipollini Elia Viviani, por duas vezes e Michele Scarponi por uma vez. 
Tipicamente é uma clássica adequada a sprinters, conforme se pode verificar pela lista de vencedores.



História:
1996 Fabrizio Guidi (ITA) Scrigno-Blue Storm
1997 Biagio Conte (ITA) Scrigno-Gaerne
1998 Mario Cipollini (ITA) Saeco Macchine per Caffè
1999 Endrio Leoni (ITA) Liquigas
2000 Mario Cipollini (ITA) Saeco Macchine per Caffè-Valli & Valli
2001 Fabio Sacchi (ITA) Saeco Macchine per Caffè
2002 Yuri Metlushenko (UCR) Landbouwkrediet-Colnago
2003 Jaan Kirsipuu (EST) AG2R Prévoyance
2004 Yuri Metlushenko (UCR) Landbouwkrediet-Colnago
2005 Alessandro Petacchi (ITA) Fassa Bortolo
2006 Alessandro Petacchi (ITA) Team Milram
2007 Alessandro Petacchi (ITA) Team Milram
2008 Alessandro Petacchi (ITA) Team Milram
2009 Alessandro Petacchi (ITA) LPR Brakes-Farnese Vini
2010 Alessandro Petacchi (ITA) Lampre-Farnese Vini
2011 Elia Viviani (ITA) Liquigas-Cannondale
2012 Elia Viviani (ITA) Liquigas-Cannondale
2013 Michele Scarponi (ITA) Lampre-Merida
2014 Simone Ponzi (ITA) Yellow Fluo

Percurso:

Serão 190,6 Kms, com 3 dificuldades principais uma delas repetida, a subida a Torre Segalari (205m) será repetida, sendo que a última passagem será apenas a 9 quilómetros do final. É um percurso ideal para a formação de um grupo que discutirá a vitória na prova.

Percurso 2015

Startlist:
Aqui

Favoritos:
***** Bonifazio, Ponzi, Colbrelli
**** Cunego, Bongiorno, Finetto
*** Petacchi, Appollonio, Duarte
** Niemec, Sella, Zardini, Vigano
* Balloni, Parinello, Gasparrini, Conti, Grosu, Belletti


Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário