O Grande Desafio: 3 Grand Tours

A Team Tinkoff-Saxo, nas palavras do CEO Stefano Feltrin, espera que as grandes equipas, os organizadores dos GT's e a UCI consigam encontrar-se na próxima semana em Paris, aquando da apresentação do Tour 2015, para prosseguirem a discussão sobre o desafio lançado para a presença dos melhores ciclistas mundiais nas 3 Provas Raínhas do Calendário Ciclista Mundial: Giro, Tour e Vuelta. O líder da Equipa, Oleg Tinkov, propôs (até) repartir € 1M por Alberto Contador, Chris Froome, Vicenzo Nibali e Nairo Quintana, caso estes 4 magníficos aceitem o repto de competir nas 3 Grandes.

O debate tem sido imenso. Através do Tweet, Nibali opô-se à ideia e desafiou o magnata russo a investir essa quantia no desenvolvimento de uma Equipa Sub-23. Já Unzué (Movistar) e Brailsford (Sky) estão receptivos à discussão mais pormenorizada do assunto.
Depois de ter estado (em Julho) com o Director da ASO (organizadora do Tour e Vuelta) e ter falado com os seus rivais durante a Vuelta, Feltrin afirma que todos concordaram que ter os maiores ciclistas presentes nas 3 GT's tornará o Ciclismo mais interessante para os fãs e mais "apelativo" para os sponsors, imprensa e tv's.

A ideia passa por envolver, também, a UCI neste projecto, tendo 2017 como meta.

O grande problema é assegurar todas as condições para que os ciclistas consigam apresentar-se nas melhores condições físicas e psicológicas nas 3 Provas, de forma a poderem discutir e lutar pela vitória. Tarefa que não será fácil e merece a reprovação de alguns especialistas.
Uma das ideias passa por reduzir o total de quilómetros de cada uma das GT para abaixo dos 3000 KM, com algumas etapas mais curtas que permitam uma recuperação efectiva dos ciclistas durante a prova, sem ser necessário reduzir o número de dias/semanas.
A ideia está a ser considerada, o projecto é sério e pretende-se que comece a dar os seus primeiros passos já em Paris, numa reunião entre todas as partes.
No imediato, a Tinkoff-Saxo gostaria de ver os principais ciclistas comprometerem-se com a presença em 2 GT's, já em 2015 e, a partir daí, desenvolver a ideia até aos 3 GT's em 2017.
A bem do ciclismo, se tal for bem desenhado!

Também pode interessar:

K92-União Ciclista

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

2 comentários:

  1. Não me acredito que isto ande para a frente!

    ResponderEliminar
  2. Parece-me que é algo que vai ser complicado "ganhar pernas para andar".

    ResponderEliminar