Vuelta a España 2019 - Antevisão 9ª etapa

Antes do merecido descanso, os ciclistas enfrentam a etapa em linha mais curta da prova, mas uma das mais duras. Andorra é o cenário onde se vai desenrolar a ação, perfil em serrote, com poucos quilómetros planos e 5 contagens de montanha compactados em 94 Km.

Mapa
Perfil
São 94.4 Km de alta montanha, com praticamente 3300 metros de subida acumulada. A partida é em Andorra a Velha e desde o Km 0 que o terreno empina, com a subida ao Coll d'Ordino, são quase 9 Km a 5%, é uma boa abertura de etapa.
Segue-se uma longa descida de 27 Km, não muito técnica e prepara a subida mais dura do dia, o Coll de la Gallina, com 12 Km de extensão a 8.3% de inclinação média. É uma ascensão muito constante e quem passar mal, dificilmente recupera.
Após a descida do Coll de la Gallina, os último 22 Km são em escada, com 3 contagens de montanha, a ultima coincide com a meta. O Alto dela Comella é a primeira, são 4.3 Km a 7.8%, segue-se o Alto de Engolasters com  5.0 Km a 8.3%, estas duas subidas são de 2ª categoria. Entre Engolasters e o inicio da subida de Cortals, o tramo é de sterrato, são cerca de 4500 metros, se estiver a chover a coisa será caótica. 
O Cortals d'Encamp são 6.0 Km a 8.2%, o quilómetro inicial é o mais dura, acima dos 10%.

Sprint intermédio:
Km 72.2 - Santa Coloma

Subidas categorizadas:
Km 17 - Coll d'Ordino (1ª Cat., 8.9 Km a 5.0%)
Km 57.1 - Coll de la Gallina (HC, 12.2 Km a 8.3%)
Km 77.7 - Alto de la Comella (2ª Cat., 4.3 Km a 7.8%)
Km 85.1 - Alto de Engolasters (2ª Cat., 5.0 Km a 8.3%)
Meta - Alto Cortals d'Encamp (1ª Cat., 6.0 Km a 8.2%)
@gregariosdelujo
Local de partida: Andorra La Vella

Igreja de Sant Esteve - Andorra La Vella
Andorra La Vella é a capital do principado de Andorra. Com 23 587 habitantes de origem bastante diversa, 43% espanhóis, 33% andorranos, 11% portugueses, 7% franceses e 6% outras nacionalidades. 
É uma cidade antiga, povoada desde a era cristã e é a principal cidade do principado de Andorra desde 1278, altura em que a França e a Espanha passaram a partilhar a soberania. 
Em 1993 foi criada a primeira constituição. Os poderes executivos, legislativos e judiciais estão localizados em Andorra La Vella.
 
Local de chegada: Cortals D'Encamp

As paisagens de Cortals D'Encamp
Bem no coração de Andorra encontra-se Cortals D'Encamp. Com uma oferta muito diversificada, é uma localidade destinada especialmente a famílias. 
Se é adepto de aventura prepare-se. Poderá fazer desde percursos pedestres a actividades como escalada, passando pela pesca nos lagos Cubil e Pessons. 
Por aqui encontra-se a mais longa ferrovia de teleférico da Europa. 
Mas não é só de aventura que é feita a visita a Cortals D'Encamp. Se prefere algo mais virado para o património cultural, fique a saber que existem vários itinerários para si. A oferta é vasta.

Condições meteorológicas

Dia chuvoso em Andorra.
As temperaturas ao longo da tirada rondarão os 15ºC, um pouco mais baixo no topo das montanhas.
Vento vai soprar fraco.

Favoritos

Fuga?
A etapa é muito curta e a Movistar e Astana deverão querer endurecer a equipa para testar Primoz Roglic. O esloveno terá de ser isolado o mais rapidamente possível, não será uma tarefa fácil, já que a Jumbo-Visma tem também uma boa equipa a rodeá-lo.
Por essa razão, a decisão da vitória de etapa estará entre os homens da geral.

⭐⭐⭐ Miguel Angel Lopez, Primoz Roglic
⭐⭐ Alejandro Valverde, Nairo Quintana
⭐ Tadej Pogacar, Mikel Nieve, Rafal Majka

A nossa aposta: Miguel Angel Lopez
O colombiano e a Astana terão de encarar este dia como decisivo. Têm de distanciar Roglic, que previsivelmente meterá muito tempo a Lopez no contrarrelógio.
Será também um acrescento de motivação ganhar tempo a Roglic, mesmo antes do primeiro dia de descanso. Foi o mais forte em Javalambre, mas em Mas de la Costa, sofreu para seguir Quintana e Roglic nas pendentes mais empinadas.

Joker: Rafal Majka
É o 5º classificado, mas já praticamente fora da luta do pódio. Por essa razão tem alguma liberdade, limitada (assim como todos os outros atrás de si), mas tem e pode aproveitar.
Foi o melhor dos outros em Mas de la Costa e esteve relativamente bem em Javalambre.


Seguir em directo: #LV2019 #laVuelta #Vuelta2019 #laVuelta2019
(a partir das 14:00, hora de Portugal Continental)


Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário