Volta à Polónia (2.WT) - Antevisão


A Volta à Polónia este ano celebra a sua 76ª edição. A primeira realizou-se no longínquo ano de 1928 e até 1993 a prova era amadora, avançando na hierarquia da UCI ao longo dos anos, chegando à máxima categoria em 2005.
O país dominante é o da casa, a razão é precisamente porque a prova até aos anos 90 era pouco concorrida por equipas estrangeiras. Nos últimos anos com a ascensão ao World Tour, o rol de vencedores é ilustre.

História
últimos 10 vencedores
2009 Alessandro Ballan (Ita)
2010 Daniel Martin (Irl)
2011 Peter Sagan (Svk)
2012 Moreno Moser (Ita)
2013 PieterWeening (Ned)
2014 Rafal Majka (Pol)
2015 Ion Izaguirre (Spa)
2016 Tim Wellens (Bel)
2017 Dylan Teuns (Bel)
2018 Michal Kwiatkowski (Pol)

Edição 2018 (Top-10)
Percurso


3/8 Etapa 1 - Kraków › Kraków (132.3 Km)
4/8 Etapa 2 - Tarnowskie Góry › Katowice (152.7 Km)
5/8 Etapa 3 - Chorzów › Zabrze (150.5 Km)
6/8 Etapa 4 - Jaworzno › Kocierz (173.3 Km)
7/8 Etapa 5 - Wieliczka › Bielsko-Biała (153.8 Km)
8/8 Etapa 6 - Zakopane › Kościelisko (160 Km)
9/8 Etapa 7 - Bukovina Resort › Bukowina Tatrzańska (153.3 Km)
Total: 1075.9 Km

Percurso tradicional da Volta à Polónia com 7 etapas. As 3 primeiras são para os puro sangue do sprint seguem-se 2 etapas para puncheurs e a prova termina com 2 etapas de montanha, que decidirão a geral individual.
A chegada no último dia a  Bukowina Tatrzańska, é a mais dura da prova, as diferenças serão decisivas nesse dia.
A 4ª etapa é marcada pela passagem por Auschwitz.

Perfis

3/8 Etapa 1 - Kraków › Kraków (132.3 Km)

4/8 Etapa 2 - Tarnowskie Góry › Katowice (152.7 Km)

5/8 Etapa 3 - Chorzów › Zabrze (150.5 Km)

6/8 Etapa 4 - Jaworzno › Kocierz (173.3 Km)

7/8 Etapa 5 - Wieliczka › Bielsko-Biała (153.8 Km)

8/8 Etapa 6 - Zakopane › Kościelisko (160 Km)

9/8 Etapa 7 - Bukovina Resort › Bukowina Tatrzańska (153.3 Km)

Startlist

Aqui

Favoritos

Sprint
⭐⭐⭐ Pascal Ackermann
⭐⭐ Fernando Gavíria, Fabio Jakobsen
⭐ Danny Van Poppel, Max Walscheid, John Degenkolb

CG
⭐⭐⭐⭐⭐ Sérgio Higuita, Rafal Majka
⭐⭐⭐⭐ Davide Formolo, Miguel Angel Lopez
⭐⭐⭐ Diego Ulissi, Domenico Pozzovivo
⭐⭐ Carlos Betancur, Pavel Sivakov, Bjorg Lambrecht
⭐ Aleksandr Vlasov, Tao Gheoghan Hart, Ion Izagirre

A nossa aposta: Sérgio Higuita
O jovem colombiano é uma das sensações da temporada. Não compete desde a Califórnia, depois de um inicio de temporada com muita competição.
O percurso é o ideal para ele, com chegadas explosivas e as duas últimas etapas com dureza.

Joker: Diego Ulissi
O italiano vem de ganhar a prova teste para os Jogos Olímpicos de Tóquio. A grande dúvida é se as últimas duas etapas são demasiado duras para eles, em principio sim.
No entanto, a forma é boa e Ulissi é candidato a um lugar no top-10.


Portugueses: Apenas Amaro Antunes participa. É a prova da casa da sua equipa, por isso seria importante uma performance boa, motivação não lhe deve faltar.


Seguir em directo: @Tour_de_Pologne, #TDP2019

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário