Giro 2019 - Antevisão 4ª Etapa

Orbetello é o cenário de partida depois da chegada caótica de ontem. Ao contrário dos dois dias anteriores, o final é um pouco mais duro e a luta pela vitória pode ter novos intervenientes.

Mapa da 4ª etapa
Perfil da 4ª etapa

O Giro continua a rumar para sul, desta vez num dia com uma chegada um pouco mais seletiva que as duas anteriores. Há apenas uma contagem de montanha categorizada, logo no inicio da etapa, Manciano (4ª cat., 8 km at 3.7%).
O terreno é rompe-pernas, constante sobe e desce, que adicionado aos 235 Km, podem fazer estragos em alguns corredores, principalmente os sprinters.
A parte final é ideal para ciclistas que gostam de subidas curtas e explosivas e para os sprinters mais resistentes a este terreno. Os últimos 2 Km são a 4,4%, a rampa mais dura é a 7%.
Últimos 5 quilómetros

Cidade de partida: Orbetello
Cattedrale di Santa Maria Assunta

Orbetello é conhecido como sendo um lugar ideal para o turismo ao ar livre, graças a um microclima particular que o torna o local perfeito para estas atividades. A pequena península onde o centro se ergue é cercada pelas lagoas Levante e Ponente, por sua vez definidas por duas faixas de terra, Tombolo della Feniglia e Giannella que, do lado do mar, são conhecidas pelas belas praias com as quais mergulham no mar Tirreno.
O peixe das lagoas é conhecido pela sua excelente qualidade e pela delicadeza dos pratos aos quais soube dar vida. Depois, há os pratos típicos da terra: o inevitável tortelli Maremma, recheado com ricota e espinafre e temperado com ragu de lebre ou javali. Para finalizar, não se esqueça de uma especialidade do interior de Orbetello, os queijos.

Cidade de chegada: Frascati
Ville Tuscolane
Frascati é a mais famosa das cidades de Castelli Romani. É famosa pela Ville Tuscolane, sumptuosas residências do período renascentista e barroco que a nobreza de Roma construía frequentemente sobre os restos das vilas romanas. A cidade é também conhecida pela Catedral, o Palácio Episcopal, a Igreja "Del Gesù" e a Scuderie Aldobrandini, agora o local do Museu Arqueológico da Cidade.

Condições meteorológicas

Probabilidade baixa de chuva, a temperatura rondará os 18ºC a etapa toda. O vento vai soprar moderado de Nordeste.

Favoritos

⭐⭐⭐ Caleb Ewan
⭐⭐ Diego Ulissi, Matteo Moschetti
⭐ Enrico Battaglin, Arnaud Démare, Fernando Gaviria, Elia Viviani

A nossa aposta: Caleb Ewan
Especializou-se em chegadas mais duras, como mostrou este ano na chegada a Hatta Dam e na Turquia. Acreditamos que o final não é duro o suficiente para o eliminar e a equipa irá trabalhar para ele.

Joker: Arnaud Demare
O francês está a ter um ano miserável, mas neste Giro já mostrou vontade de lutar pela classificação por pontos. Este é um dia bom para ganhar pontos e tentar ganhar uma etapa, coisa que este ano ainda não aconteceu. Dos sprinters é um dos que melhor se adapta a este final e tem um comboio que tem trabalho bem.

Seguir em directo: #Giro102, #Giro, @giroditalia

(a partir das 12:05, hora de Portugal Continental)

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário