De Brabantse Pijl - La Flèche Brabanconne (1.HC) - Antevisão


A De Brabantse Pijl é o último capítulo das clássicas da primavera na Flandres. Com o fim das clássicas de pavé, chegam as Ardenas, os ciclistas 'pesados' e de força bruta dão lugar aos que adoram as subidas curtas, mas explosivas. A De Brabantse Pijl serve de transição e de preparação para clássicas das Ardenas, que começam já no próximo domingo com a realização da Amstel Gold Race.
Antes de 2010 situava-se no período das clássicas do pavé, com a reestruturação do calendário, passou a ser disputada depois do Paris-Roubaix, fazendo com que o calendário fique organizado de forma lógica, sendo esta a prova que faz a transição, servindo de despedida da Flandres e piscando o olho às Ardenas.
Desde de 2010 que o final da prova se situa em Overijse, até esse ano a chegada situava-se em Alsemberg.
A primeira edição, realizou-se em 1961, nomes famosos a vencê-la não faltam, Eddy Merckx, Freddy Maertens, Roger De Vlaeminck, Claude Criquelion, Johan Museeuw, Óscar Freire, Michele Bartoli, Philippe Gilbert e Peter Sagan estão entre eles.

História

últimos 10 vencedores
2009 Anthony Geslin (FRA) Française des Jeux
2010 Sébastien Rosseler (BEL) Team RadioShack
2011  Philippe Gilbert (BEL) Omega Pharma-Lotto
2012 Thomas Voeckler (FRA) Team Europcar
2013 Peter Sagan (SVK)  Cannondale
2014 Philippe Gilbert (BEL) BMC Racing Team
2015 Ben Hermans (BEL) BMC Racing Team
2016 Petr Vakoc (CZE) Etixx-Quick-Step
2017 Sonny Colbrelli (ITA) Bahrain-Merid
2018 Tim Wellens (BEL) Lotto-Soudal

Edição 2018 (Top-10)
1    Tim Wellens (Bel) Lotto Soudal    4:42:48    
2    Sonny Colbrelli (Ita) Bahrain-Merida    0:00:09    
3    Tiesj Benoot (Bel) Lotto Soudal         
4    Pieter Serry (Bel) Quick-Step Floors         
5    Jan Tratnik (Slo) CCC Sprandi Polkowice         
6    Andrea Pasqualon (Ita) Wanty-Groupe Gobert         
7    Dylan Teuns (Bel) BMC Racing Team         
8    Huub Duijn (Ned) Veranda's Willems Crelan    0:00:12    
9    Thomas Sprengers (Bel) Sport Vlaanderen-Baloise    0:00:14    
10    Daryl Impey (RSA) Mitchelton-Scott

Percurso

Leuven › Overijse (196,2 Km)

Apesar de contar com sectores em pavé, a prova é mais conhecida pelos seus muros asfaltados, por essa razão é que foi colocada neste período do calendário, fazendo desta forma, a transição perfeita para as Ardenas.
Este tipo de subidas, serão uma constante durante o percurso, a seleção vai sendo feito conforme os quilómetros passarem. A meta está situada num pequeno topo, Schavei, são 700 metros a 3,6% de inclinação média, não parece muito, mas com a dureza que ficou para trás é um fator importante numa decisão ao sprint num grupo seleto.

Subidas:
- Smeysberg (88 m, 0.7 Km a 6.2%, Km 13.3),
- Chaussée d'Alsemberg (114 m, 1.0 Km a 3.0%, Km 41.5),
- Alsemberg (89 m, 0.5 Km a 5.4%, Km 46.0),
- Bruine Put (98 m, 0.9 Km a 6.2%, Km 51.8),
- Menisberg (56 m, 0.4 Km a 5.1%, Km 56.0),
- Lotsestraa (79 m, 1.0 Km a 5.3%, Km 60.8),
- Bruine Put (98 m, 0.9 Km a 6.2%, Km 67.7),
- Menisberg (56 m, 0.5 Km a 5.1%, Km 72.0),
- Lotsestraa (79 m, 1.0 Km a 5.3%, Km 76.7),
- Eigenbrakelsesteenweg (99 m, 0.9 Km a 4.2%, Km 83.9),
- Rue Pierre Flamand (101 m, 0.5 Km a 4.6%, Km 89.7),
- Rue François Dubois (95 m, 0.9 Km a 4.2%, Km 103.4),
- Hertstraa (86 m, 0.7 Km a 3.4%, Km 108.6),
- Lanestraa (83 m, 1.0 Km a 3.8%, Km 113.7),
- Holstheide (70 m, 0.5 Km a 6.2%, Km 118.9),
- IJskelderlaan (76 m, 0.3 Km a 6.9%, Km 125.4),
- Schavei (91 m, 0.7 Km a 3.6%, Km 129.5),
- Hertstraa (86 m, 0.7 Km a 3.4%, Km 136.2),
- Holstheide (71 m, 0.5 Km a 6.4%, Km 142.4),
- IJskelderlaan (76 m, 0.4 Km a 6.2%, Km 148.9),
- Schavei (90 m, 0.7 Km a 3.5%, Km 152.9),
- Hertstraa (87 m, 0.7 Km a 3.3%, Km 159.7),
- Holstheide (71 m, 0.5 Km a 6.3%, Km 165.8), .8),
- Schavei (90 m, 0.7 Km at 3.6%, META).

Setores de pavé:
1. IJskelderlaan (+, 200 m, Km 125.2),
2. Schavei (+, 200 m, Km 128.8),
3. IJskelderlaan (+, 200 m, Km 148.6),
4. Schavei (+, 200 m, Km 152.3),
5. IJskelderlaan (+, 200 m, Km 172.1),
6. Schavei (+, 200 m, Km 175.7),
7. IJskelderlaan (+, 200 m, Km 195.5),
8. Schavei (+, 200 m, Km 199.2).


Startlist


Condições meteorológicas


Probabilidade baixa de chuva, a temperatura rondará os 14ºC e o vento soprará fraco de Sul.

Favoritos

⭐⭐⭐⭐⭐ Julian Alaphilippe, Mathieu Van der Poel
⭐⭐⭐⭐ Sonny Colbrelli, Michael Matthews, Tim Wellens
⭐⭐⭐ Alberto Bettiol, Dylan Teuns, Daryl Impey
⭐⭐ Bjorg Lambrecht, Rui Costa, Marc Hirschi Quentin Pacher
⭐ Pieter Serry,, Patrick Müller, Ben Hermans, Alexander Kamp, Bryan Coquard, Enrico Gasparotto, Jelle Vanendert

A nossa aposta: Mathieu Van der Poel
Primeira temporada concentrado nas clássicas da primavera e já leva duas vitórias, além das vitórias, o que mostrou na Gent-Wevelgem e na Volta à Flandres foi muito encorajador. Estamos perante um ciclista que pode dominar a próxima década neste terreno.
Esta prova também poderá marcar um duelo que pode marcar o ciclismo nos próximos anos: Van der Poel versus Alaphilippe. Apesar da grande temporada do francês, se os dois chegaram a este final juntos, arriscamos apostar no holandês.

Outsider: Michael Matthews
Esteve extraordinário na Catalunha e chega aqui como grande aposta de uma equipa que está a realizar um ano muito modesto. Se conseguir estar no grupo certo, no sprint é candidato a ganhar a qualquer um.

Portugueses
São dois os que vao estar presente e pela mesma equipa. Rui Costa lidera a UAE-Emirates, procura preparar-se da melhor forma para as Ardenas e vai rodar aqui, é uma incógnita a sua condição. 
Rui Oliveira abandonou na Catalunha, tirando a prova de Abertura do calendário português, tem sido um ano complicado com alguns azares. Vai tentar fazer o melhor em prol da equipa.

Seguir em directo: @DeBrabantsePijl
(a partir das 14:15, hora Portugal continental)


Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário