Tour de l'Eurométropole (1.HC) - Antevisão


A temporada de ciclismo está praticamente a terminar, mas antes do encerramento, ainda há algumas provas 'interessantes' e com alguma tradição. O Tour de l'Eurométropole é uma delas. Até 2010 tinha a designação de Tour Franco-Belga, em 2011 passou a chamar-se Tour de Wallonie-Picardie e desde 2012 que tem o actual nome.
Este ano a prova passa a ser de um dia, ou seja, uma clássica, quando anteriormente era uma prova por etapas, habitualmente disputada ao longo de 4 dias.

História

últimos 10 vencedores
2007 Gert Steegmans (BEL) Quick-Step–Innergetic
2008 Juan Antonio Flecha (ESP) Rabobank
2009 Tyler Farrar (USA) Garmin–Slipstream
2010 Adam Blythe (GBR) Omega Pharma–Lotto
2011 Robbie McEwen (AUS) Team RadioShack
2012 Jürgen Roelandts (BEL) Lotto–Belisol
2013 Jens Debusschere (BEL) Lotto–Belisol
2014 Arnaud Démare (FRA) FDJ.fr
2015 Alexis Gougeard (FRA) AG2R La Mondiale
2016 Dylan Groenewegen (NED) Team LottoNL-Jumbo

Edição 2016 (Top-10)
1 Dylan Groenewegen (Ned) Team LottoNL-Jumbo 4:12:55
2 Oliver Naesen (Bel) IAM Cycling
3 Tom Boonen (Bel) Etixx - Quick-Step
4 Amaury Capiot (Bel) Topsport Vlaanderen - Baloise
5 Florian Senechal (Fra) Cofidis, Solutions Credits
6 Nils Politt (Ger) Team Katusha
7 Joeri Calleeuw (Bel) Verandas Willems Cycling Team
8 Jens Debusschere (Bel) Lotto Soudal
9 Maarten Wynants (Bel) Team LottoNl-Jumbo
10 Jurgen Roelandts (Bel) Lotto Soudal

Percurso

La Louviere › Tournai (188.6 Km)

A prova irá decorrer ao longo da fronteira franco-belga. Os corredores iniciam o dia em La Louviere em direcção a Oeste, onde fazem 92,2 quilómetros até chegar a Tournai, onde vão enfrentar um circuito de 14,7 Kms, com 6 passagens pela meta. A grande dificuldade do circuito é o Col de la Croix Jubaru (1350 metros a 5,6%).

Perfil da prova

Startlist


Condições meteorológicas

Dia com probabilidade pequena de ocorrência de aguaceiros. A temperatura irá rondar os 16ºC e o vento soprará forte de norte (+ 20 Km/h).

Favoritos

***** Oliver Naesen
**** Jempy Drucker, André Greipel
*** Marcel Kittel, Juan Jose Lobato, Jasper De Buyst, Jens Debusschere
** Baptiste Planckaert, Oliver Naesen, Jonas Van Genechten, Timothy Dupont, Kenny Dehaes, Rudy Barbier
* Dimitri Claeys, Florian Senechal, Alexis Gougeard, Adrien Petit, Timo Roosen, Silvan Dillier, Daniel Oss, Yves Lampaert

A nossa aposta: Oliver Naesen
Foi segundo na edição do ano passado, apenas batido por Groenewegen. Este ano volta a ser um candidato à vitória, num ano em que se afirmou definitivamente como um dos grandes nomes do ciclismo belga da atualidade.
Para vencer terá de atacar de longe, de forma a fazer uma seleção ou a chegar isolado, já que numa chegada em pelotão compacto, poucas hipóteses terá.

Outsider: Jempy Drucker
O luxemburguês foi segundo na Primus Classic e nesta prova deve volta a ser a principal aposta da BMC, num percurso que lhe assenta muito bem.
Com uma boa velocidade final e também sendo um ciclista que passa relativamente este tipo de subidas, é um nome a ter em conta.


Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário