Vuelta a España 2017 - Antevisão 3ª etapa

Ao terceiro dia apesar da partida ser ainda em França, uma boa parte da mesma já será percorrida em território espanhol. O final será em Andorra, num dia duro, onde a pela primeira vez será ultrapassada montanha a sério.

Mapa da 3ª etapa

Perfil da 3ª etapa

Aqui está o primeiro dia de alta montanha, logo à 3ª etapa. A cidade francesa de Prades Conflent Canigó,será o ponto de partida. 
A etapa não é longa, nem é curta, são perto de 160 quilómetros, mas onde a alta montanha marca presença, com duas contagens de montanha de 1ª categoria:
- Col de la Perche, 20 Km a 5% de inclinação média;
- Coll de la Rabassa, 13,2 Km a 7%.
Esta última subida será em território de Andorra e situa-se a 31 quilómetros da meta. 
Mas antes do final, ainda há uma subida, esta de 2ª categoria, o Alto de la Comella, 4.3 km de extensão a 8.6% de inclinação média. O topo fica a 7 quilómetros da meta, que serão realizados em descida.

Perfil do Col de la Perche

Perfil do Coll de la Rabassa

Cidade de partida: Prades Conflent Canigó

É uma localidade francesa do departamento de Pyrénées-Orientales, no sudoeste de França, capital de Conflent.
A cidade é rica em monumentos e pequenas obras-primas nas ruas e becos do centro, como fachadas decoradas, fontes esculpidas, oratórios e antigas lavandarias, testemunhas da prosperidade burguesa dos séculos anteriores.
Localizada ao pé dos Pirenéus, Prades está limitada a sul pelo imponente maciço dos Pirenéus do Canigó e tem vistas excepcionais da serra que separa a França da Espanha.

Cidade de partida: Andorra La Vella
Igreja de Sant Esteve - Andorra La Vella
Andorra La Vella é a capital do principado de Andorra. Com 23 587 habitantes de origem bastante diversa, 43% espanhóis, 33% andorranos, 11% portugueses, 7% franceses e 6% outras nacionalidades. 
É uma cidade antiga, povoada desde a era cristã e é a principal cidade do principado de Andorra desde 1278, altura em que a França e a Espanha passaram a partilhar a soberania. 
Em 1993 foi criada a primeira constituição. Os poderes executivos, legislativos e judiciais estão localizados em Andorra La Vella.  

Condições meteorológicas

Novamente a etapa será disputada sobre um sol abrasador, com temperaturas a passarem os 30ºC. O vento soprará fraco se sudoeste.

Favoritos

*** Julian Alaphilippe
** Vincenzo Nibali, Adam Yates
* Chris Froome, Romain Bardet, Fabio Aru, Esteban Chaves, Wilco Kelderman, Michael Woods, Rafal Majka, Wout Poels, Rui Costa, Warren Barguil
FUGA (Omar Fraile, Thomas de Gendt, Luis Ángel Maté, Darwin Atapuma, David de la Cruz, Luis Léon Sanchez) 

A nossa aposta: Julian Alaphilippe
O francês chega à Vuelta sem muitos dias de competição. A etapa é dura, mas o final é à sua medida, com uma subida de 2ª categoria, sem ser extremamente complicada e seguido de uma descida.
Se conseguir passar com os favoritos as duas primeiras contagens de 1ª categoria, será complicado ser batido.

Outsider: Vincenzo Nibali
O italiano mostrou na 2ª etapa que está focada e preparado ao máximo para esta Vuelta. Foi o único dos favoritos da geral que conseguiu estar no primeiro grupo.
A etapa é dura e o final é em descida, uma das especialidades do tubarão.

Seguir em directo: #LV2017 #laVuelta #Vuelta2017 #laVuelta2017
(a partir das 12:10)
(a partir das 15:00)


Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário