Volta à França em dúvida para Mark Cavendish

Mark Cavendish no Abu Dhabi Tour (Tim de Waele/TDWSport.com)
Em Abril noticiamos que Mark Cavendish tinha sido diagnosticado com mononucleose, também conhecida como "doença do beijo". 
Neste momento ainda não há data para o regresso de Cavendish, que não compete desde 18 Março, na Milão-São Remo.

A Dimension Data está a aguardar pela atualização do estado de saúde de Mark, antes de pensar no regresso do mesmo, por medo de força-lo a treinar demasiado cedo e prejudicar ainda mais a sua temporada.
"Não queremos exercer qualquer tipo de pressão. Ao fazer isso, poderíamos apressar as coisas e prejudicar a sua recuperação. Quem já teve mononucleose sabe que a recuperação pode levar muito tempo. O importante é a sua saúde. Temos de ter confiança na equipa médica e esperar até que ele deem luz verde", afirmou Rolf Aldag, director desportivo da Dimension Data.
"Não vamos dizer se o Mark estará no Dauphiné e na Volta à Suíça. Temos de manter a calma porque se começarmos com pressupões ele vai começar a treinar mais cedo para esses objectivos e uma recaída pode acabar com a temporada. Isso é um risco que não queremos correr".

A dúvida sobre a participação de Cavendish na Volta à França causa preocupação à equipa, embora se mantenham confiantes.
"No ano passado o Mark venceu quatro etapas na Volta à França e apenas fez uma corrida em Junho. Tinha participado na Volta à Eslovénia, adoeceu na segunda etapa e teve de abandonar. No entanto, ele esteve forte na Volta à França.
Neste momento a Volta à Eslovénia é uma opção. Ele não irá precisar fazer muitas provas até à Volta à França. Mas claro, ele precisa conseguir correr".




Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário