Circuit Cycliste Sarthe - Pays de la Loire (2.1)


O Circuit Cycliste Sarthe em 2017 comemora a 65ª edição. É disputada em três dias com quatro etapas, na região francesa, Pays de Loire. Alguns nomes importantes conquistaram esta prova, entre eles, Bernard Hinault.
Uma das particularidades desta prova, é que apenas admite equipas de seis elementos, o que faz com que o pelotão seja mais pequeno e as melhores equipas tenham mais dificuldades em controlar a corrida.
Foram 16 equipas convidadas para a prova este ano foram, o que totaliza um pelotão com apenas 96 ciclistas.

História
últimos 10 vencedores
2007 Andreas Klöden (GER) Astana
2008 Thomas Voeckler (FRA) Bouygues Télécom
2009 David Lelay (FRA) Agritubel
2010 Luis León Sánchez (ESP) Caisse d'Epargne
2011 Anthony Roux (FRA) FDJ
2012 Luke Durbridge (AUS) GreenEDGE
2013 Pierre Rolland (FRA) Team Europcar
2014 Ramūnas Navardauskas (LTU) Garmin–Sharp
2015 Ramūnas Navardauskas (LTU) Cannondale–Garmin
2016 Marc Fournier (FRA) FDJ 

Edição 2016 (Top-10)
1    Marc Fournier (Fra) FDJ    16:08:40    
2    Jerome Coppel (Fra) IAM Cycling    0:01:50    
3    Juan Jose Lobato (Spa) Movistar Team    0:02:04    
4    Thomas Voeckler (Fra) Direct Energie         
5    Gaetan Bille (Bel) Wanty - Groupe Gobert    0:02:05    
6    Javier Moreno (Spa) Movistar Team    0:02:06    
7    Mathias Frank (Swi) IAM Cycling    0:02:08    
8    Tiago Machado (Por) Team Katusha    0:02:11    
9    Eliot Lietaer (Bel) Topsport Vlaanderen - Baloise    0:02:16    
10    Stéphane Rossetto (Fra) Cofidis, Solutions Credits    0:02:20   

Percurso

Etapa 1 - 04 de abril - Pouzauges › Pouzauges (173.2 Km)
Etapa 2 - 05 de abril - Ligné › Angers (99.8 Km)
Etapa 3 (ITT) - 05 de abril - Angers › Angers (6.8 Km)
Etapa 4 - 06 de abril - Angers › Pré en Pail Saint Samson (190.3 Km)
Etapa 5 - 07 de abril - Abbaye de l'Epau › Saint-Calais (186.8 Km)
Total: 656.9 Km

A prova conta com quatro etapas em linha e um contrarrelógio. Ao segundo dia, os corredores terão duas etapas, de manhã percorrerão perto de 100 Kms e de tarde um contrarrelógio individual de 6,8 Kms.
A 3ª etapa deverá decidir a prova, com um circuito final que tem no menu, o Mont de Avaloirs. A 1ª etapa também não é totalmente plana, com alguma dificuldade, embora não possa ser comparada com a 3ª. A 2ª e 5ª etapas são ideais para os velocistas.

Perfis
  Etapa 1 - 04 de abril - Pouzauges › Pouzauges (173.2 Km)
** Bryan Coquard
* Carlos Barbero, Arthur Vichot, Lorrenzo Manzin, Julien Simon

  Etapa 2 - 05 de abril - Ligné › Angers (99.8 Km)

** Bryan Coquard
* Arthur Vichot, Lorrenzo Manzin, Carlos Barbero, Daniele Bennati
  Etapa 3 (ITT) - 05 de abril - Angers › Angers (6.8 Km)
** Jonathan Castroviejo
* Alex Dowsett, Alexander Geniez, Johan Le Bon

Etapa 4 - 06 de abril - Angers › Pré en Pail Saint Samson (190.3 Km)
** Lilian Calmenaje
* Mathias Frank, Mauro Finetto, Thomas Voeckler

  Etapa 5 - 07 de abril - Abbaye de l'Epau › Saint-Calais (186.8 Km)
** Bryan Coquard
* Carlos Barbero, Daniele Bennati, Lorrenzo Manzin, Arthur Vichot

Startlist
Aqui

Favoritos

***** Jonathan Castroviejo
**** Alexandre Geniez, Mathias Frank, Lilian Calmejane
*** Arthur Vichot, Alex Dowsett, Johan Le Bon, Bryan Coquard
** Ignatas Konovalovas, Mauro Finetto, Daniele Bennati, Thomas Voeckler, Anton Vorobyev, Laurent Pichon
* Maxime Bouet, Delio Fernandez, Larry Warbasse, Xandro Meurisse, Romain Hardy, Clement Venturini, Marc Fournier

A nossa aposta: Jonathan Castroviejo
O espanhol pode fazer a diferença no contrarrelógio, mas por ser demasiado curto, as diferenças não serão muito grandes. 
Este ano, também tem estado muito bem a subir e com a equipa que o estará a apoiar em Sarthe, para nós é o grande favorito.

Outsider: Lilian Calmejane
Tem realizado uma temporada muito boa. Acaba de vencer a Settimana Coppi e Bartali de forma brilhante e está em grande forma. Com Bryan Coquard para as chegadas em plano e Calmejane para a geral, a Direct Energie, que ainda conta com Voeckler, apresenta um dos conjuntos mais fortes.

Seguir em directo: @circuitcycliste, #CircuitSarthe 

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário