Alberto Contador: "Champanhe bebo com os meus amigos, não com ele (Oleg Tinkov)"

Alberto Contador com Manu Carreño
Ontem à noite, Alberto Contador esteve no programa de rádio El Larguero, para uma entrevista na qual falou sobre o que espera desta temporada mas também abordou algumas questões do passado.

Sempre com o pensamento na vitória, é assim a forma de ser do ciclista espanhol de 34 anos que esta temporada veste a camisola da equipa Trek-Segafredo. 
"Continuo no ciclismo porque acho que ainda posso vencer o Tour. Esse é o meu pensamento". 
Questionado sobre as diferenças entre a temporada passada e esta que agora se inicia, sobre a equipa e até a bicicleta, Alberto Contador foi peremptório ao responder com clareza que mudou para melhor. 
"Gostei (da equipa) desde o início. O ambiente foi estupendo desde o primeiro instante. (...) Todas as bicicletas para os profissionais são óptimas, mas sempre gostei mais da Trek e creio que está melhor do que a que usava anteriormente".  
"Não quero pôr um prazo para me retirar. Assinei por um ano com outro de opção. Quero ir ano a ano, prova a prova e decidir o futuro conforme me sinto no momento".

Era impossível escapar ao tema "Oleg Tinkov" embora se perceba que Contador o evita e ignora.
"Não vou responder-lhe, as palavras dele (Oleg Tinkov) não me afectam pois não tenho nenhum afecto por ele. Desde sempre me ensinaram uma série de valores, entre eles está o respeito. O respeito é algo que sempre se deve ter, mas há pessoas que não o entende dessa forma. No meu caso, champanhe bebo com os meus amigos, não com ele".
Consultado sobre o porquê da sua renovação com a Tinkoff, visto que o seu contracto inicialmente terminava em Dezembro de 2015, Contador afirmou que renovou por Riis que depois foi despedido.
"O meu principal problema foi ter renovado antes de Riis ser despedido. Nessa altura sabia que tudo ia mudar e foi o que aconteceu porque não havia um líder da equipa para unir um grupo tão grande. Podes ter muito dinheiro mas tens de ter essa capacidade, Bjarne Riis tinha, ele (Oleg Tinkov) não".
Contador terminou falando dos seus fãs que são um dos maiores motivos de força e motivação para continuar. 
"Gostava de dar uma última alegria aos meus fãs, eles são um dos maiores motivos para continuar. Eles apoiam-me sempre nos momentos complicados. São muito importantes para mim".

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário