Sebastián Henao e o Giro, Porte espera melhor sorte para 2017, World Tour com 18 equipas em 2017

Sebastián Henao e o Giro
Sebastián Henao deu uma entrevista ao site ciclismointernacional.com na qual falou sobre estes anos na equipa Sky e o seu sonho com o Giro d'Itália.
"Levo três anos nesta equipa. Creio que aprendi muito e estou muito contente por estar aqui. O objectivo é continuar a aprender com esta equipa. Estou muito bem na Sky e quero continuar. Necessito crescer física e mentalmente", disse Henao.
Quando lhe perguntaram sobre as suas provas favoritas, Sebastián Henao sabia bem o que dizer. "Gosto muito das provas de três semanas. Levo três Giros, mas também gosto de corridas como o País Basco ou o Algarve. Dá-me satisfação a minha regularidade nos três Giros que fiz. Sempre fomos com um líder definido e eu sempre estive lá para ajuda-los, com um único objectivo pessoal que era a classificação dos jovens. Tenho mais um ano para conseguir o meu sonho de ser o melhor jovem" confessa.

Porte espera melhor sorte para 2017
2016 foi um ano de mudança para Richie Porte. Após alguns anos na Sky, o australiano ingressou na BMC com o objectivo de ser líder no Tour de France. Com uma primeira fase de época com alguns problemas de saúde e vários resultados interessantes em provas de uma semana, Porte iniciou o Tour bastante optimista. Mas um problema mecânico na 2ª etapa fez-lo perder muito tempo e no final terminou em 5º lugar. Porte participou também nos Jogos Olímpicos, prova que não terminou devido a queda e qual resultou uma fractura na clavícula. 
Neste momento o ciclista australiano está já a preparar o próximo ano e espera melhor sorte. "Eu acho que já tive bastante má sorte durante este ano. Estava sempre na frente mas sofri alguns problemas ao longo do caminho. Mas isso só me deu mais desejo de dar tudo no próximo ano, porque eu sei que posso estar lá em cima."
Sobre a ida para a BMC, Porte disse: "Eu vim para a BMC para ter a minha oportunidade nas grandes voltas e por isso não posso deixar de me sentir um pouco decepcionado quando olho para este ano. claro que ainda tenho tempo e acho que os próximos três anos serão os meus melhores anos. Eu vou a uma prova como o Tour para lutar pelo pódio, mas porque não ir com o objectivo da grande vitória?"
Para terminar, o desejo de Porte para 2017: "O meu desejo é ter um pouco de melhor sorte. Eu não sei como fazer, eu não sei como lutar contra o azar, mas vou tentar."

World Tour com 18 equipas em 2017
Ao contrário do que se falava, as reformas da UCI para o World Tour foram novamente adiadas. A tão famosa redução do número de equipas no escalão máximo do ciclismo mundial, que se dizia poder acontecer em 2017, foi assim adiada para 2019. Fica então previsto para esse ano a redução do pelotão a 17 equipas, para em 2020 passar a 16. 
Desta forma e com mais este adiamento, as duas equipas que pretendiam licença World Tour para 2017 vêm assim o seu desejo concretizado. 





Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário