Coppa Sabatini - Gran Premio citta di Peccioli (1.1) - Antevisão


A Coppa Sabatini disputa-se todos os anos no Outono, na cicade italiana de Peccioli, na Toscania. Faz parte das típicas clássicas de Outono italianas. A primeira edição disputou-se em 1952 em memória a Giuseppe Sabatini, um ciclista de Peccioli, que faleceu com 36 anos depois de uma carreira brilhante, entre 1933 e 1947.

História
últimos 10 vencedores
2006 Giovanni Visconti (ITA) Team Milram
2007 Giovanni Visconti (ITA) Quick Step-Innergetic
2008 Mikhaylo Khalilov (UKR) Ceramica Flaminia
2009 Philippe Gilbert (BEL) Silence-Lotto
2010 Riccardo Riccò (ITA) Vacansoleil
2011 Enrico Battaglin (ITA) Colnago-CSF Inox
2012 Fabio Duarte (COL) Colombia-Coldeportes
2013 Diego Ulissi (ITA) Lampre-Merida
2014 Sonny Colbrelli (ITA) Bardiani-CSF

Edição 2015 (Top-10)
1 Eduard Prades (Spa) Caja Rural - Seguros RGA 4:48:11
2 Maurits Lammertink (Ned) Roompot - Oranje Peloton
3 Mauro Finetto (Ita) Southeast
4 Simone Ponzis (Ita) Southeast
5 Andrea Fedia (Ita) Southeast
6 Sonny Colbrelli (Ita) Bardiani - CSF Pro Team
7 Jan Bakelants (Bel) AG2R La Mondiale
8 Leonardo Duquel (Col) Team Colombia
9 Davide Rebellin (Ita) CCC Sprandi Polkowice
10 Valerio Conti (Ita) Lampre - Merida

Percurso
Peccioli  ›  Peccioli   (195.9 Km)

Percurso constituído por uma parte inicial de 57,6 quilómetros, até à entrada do primeiro circuito, de 21,7 quilómetros, a este circuito serão dadas 3 voltas.
O segundo e final circuito, são 12,2 quilómetros e também serão dadas 6 voltas. Destaque para o últimos metros, que são em subida, na cidade de Peccioli, o último Km, tem 7% de inclinação média.



Startlist

Condições atmosféricas

Dia com muito Sol e temperaturas agradáveis. Mas também será um dia com algum vento de Nordeste, com rajadas que podem atingir os 40 Km/h.



Favoritos

***** Sonny Colbrelli, Giovanni Visconti
****  Francesco Gavazzi, Jan Bakelants, Davide Rebellin
*** Carlos Barbero, Filippo Pozzato, Romain Bardet
** Andrea Pasqualon, Kristian Sbaragli, Fabio Aru, Jonathan Hivert
*  Damiano Cunego, Diego Rosa, Miguel Angel Lopez, Franco Pellizotti, Rodolfo Torres

A nossa aposta: Giovanni Visconti
Está em boa forma como mostrou no Giro della Toscana. Com o final bem ao seu estilo, pode voltar a vencer nesta clássica, não esquecer que já venceu por duas vezes esta prova, em 2006 e 2007, quando ainda era um jovem promissor.

Outsider: Jan Bakelants
O belga é capaz de exibir no seu melhor em chegadas deste tipo. Vem dos campeonatos Europeus, onde não esteve particularmente brilhante, mas onde trabalhou para Gilbert. Nesta prova será juntamente com Bardet, um das apostas da Ag2R.

Seguir em directo: #CoppaSabatini@GiroToscana

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário