Volta à Suiça (2.WT) - Antevisão

A Volta à Suiça  foi criada em 1933 sendo uma das provas de etapas mais emblemáticas e importantes depois das grandes volta.
Juntamente com o Dauphiné, é a principal prova de preparação para a maior prova de ciclismo do mundo, a Volta à França.
O italiano Pasquale Fornara ostenta o recorde de triunfos na prova, com quatro, seguido dos suíços Hugo Koblet e Ferdi Kubler. O nosso Rui Costa detém três vitórias, obtidas consecutivamente.
A lista de participantes é sempre um luxo e este ano não foge à regra com a presença de, Rui Costa, Simon Spilak, Geraint Thomas, Ion Izagirre, Peter Sagan, Fabian Cancellara, Michael Matthews, Warren Barguil, Tim Wellens entre outros.

História
últimos 10 vencedores
2006 Koldo Gil (ESP) Saunier Duval–Prodir
2007 Vladimir Karpets (RUS) Caisse d'Epargne
2008 Roman Kreuziger (CZE) Liquigas
2009 Fabian Cancellara (SUI) Team Saxo Bank
2010 Fränk Schleck (LUX) Team Saxo Bank
2011 Levi Leipheimer (USA) Team RadioShack
2012 Rui Costa (POR) Movistar Team
2013 Rui Costa (POR) Movistar Team
2014 Rui Costa (POR) Lampre–Merida
2015 Simon Špilak (SLO) Team Katusha

Edição 2015
1 Simon Spilak (Slo) Team Katusha 30:15:09
2 Geraint Thomas (GBr) Team Sky 0:00:05
3 Tom Dumoulin (Ned) Team Giant-Alpecin 0:00:19
4 Thibaut Pinot (Fra) FDJ.fr 0:00:45
5 Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale 0:02:21
6 Bob Jungels (Lux) Trek Factory Racing 0:02:58
7 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team 0:03:06
8 Steve Morabito (Swi) FDJ.fr 0:03:17
9 Robert Gesink (Ned) Team LottoNL-Jumbo 0:03:19
10 Rafal Majka (Pol) Tinkoff-Saxo 0:03:20

Percurso
 1ª etapa (CRI) - Baar › Baar (6.4 Km)
 2ª etapa - Baar › Baar (187.6 Km)
 3ª etapa - Grosswangen › Rheinfelden (192.6 Km)
 4ª etapa - Rheinfelden › Champagne (193 Km)
 5ª etapa - Brig/Glis › Carì (126.4 Km)
 6ª etapa - Weese › Amden (162.8 Km)
 7ª etapa - Arbon › Sölden (224.3 Km)
 8ª etapa (CRI) - Davos › Davos (16.8 Km)
 9ª etapa - Davos › Davos (117.7 Km)

Perfis
Perfil da 1ª etapa
Prólogo sem grandes dificuldades, ideal para especialistas e para corredores que se dão bem com esforços de curta duração. Sprinters como Matthews e Sagan são nomes a acompanhar neste dia.
*** Fabian Cancellara
** Michael Matthews
* Peter Sagan
Perfil da 2ª etapa
Será uma etapa ideal para os classicomanos ou sprinters, dependendo do ritmo imposto na frente. O percurso é constituído por um circuito acidentado de 47,6 Kms que será percorrido por 4 vezes. 
*** Peter Sagan
** Michael Matthews
* Michael Albasini
Perfil da 3ª etapa
Mais uma etapa ideal para os homens das clássicas. Os últimos 70 Kms contam com 6 contagens de montanha, todas elas relativamente fáceis, mas que poderão fazer mossa nos ciclistas, com o desgaste a poder fazer das suas.
*** Peter Sagan
** Philippe Gilbert
* Michael Albasini
Perfil da 4ª etapa
Etapa plana, que conta com duas pequenas subidas, uma no inicio da etapa, que é a mais complicada e outra a 10 Kms do final, que não deve fraccionar o pelotão. Os sprinters têm aqui a melhor oportunidade.
*** Fernando Gaviria
** Michael Matthews
* Danny Van Poppel
Perfil da 5ª etapa
Etapa de alta montanha, com a subida a  Forkapas (16,1 Km@6,6%) a marcar a primeira metade de etapa, os corredores chegarão aos 2436 m de altitude. Seguindo-se a descida e a subida ao Gotthardpass (8,3 Km@7,1%).
A parte final coincide com a subida até Cari (10.1 Km@7,5%), numa chegada dura.
*** Warren Barguil
** Geraint Thomas
* Rui Costa
Perfil da 6ª etapa
Segunda etapa consecutiva de alta-montanha. A primeira parte não tem dificuldades mas os últimos 80 Kms são duríssimos, com a subida ao  Klausenpass (23.3 Km@6.2%) e o final coincide com uma ascensão é muito mas mesmo muito dura (6.9 Km@10,7%).
*** Simon Spilak
** Ion Izagirre
* Robert Gesink
Perfil da 7ª etapa
Terceira etapa de alta montanha com o final em alto. Aos 80 Kms aparece a primeira grande dificuldade, Hochtannbergpass (11.8 Km@6.4%), depois de um percurso muito ondulado e da descida, chega-se à subida final, mais uma vez, com uma dureza brutal, Rettenbach (10.1 Km@11%).
*** Ion Izagirre
** Warren Barguil
* Tejay Van Garderen


Perfil da 8ª etapa
Contrarelógio ideal para os especialista, destaque para a altitude que será realizado, a maior parte acima dos 1500 metros. Tem uma zona entre os 7 e 12 Kms, em falso plano. 
*** Fabian Cancellara
** Vasil Kiryienka
* Wilco Kelderman
Perfil da 9ª etapa
Etapa que finaliza a prova, e novamente é dura e selectiva, mas sem final em alto. Duas dificuldades enormes, Albulapass (17.4 Km@6.9%) e perto do final,  Flüelapass (12.9 Km@7.4%).
Depois de 9 dias muito duros, esta etapa poderá proporcionar grande espectáculo.
*** Rui Costa
** Samuel Sanchez
* Geraint Thomas

Startlist

Favoritos

***** Ion Izagirre, Geraint Thomas
**** Simon Spilak, Tejay Van Garderen
*** Rui Costa, Mathias Frank, Robert Gesink
** Wilco Kelderman, Warren Barguil
* Andrew Talansky, Miguel Angel Lopez

A nossa aposta: Ion Izagirre
Tem realizado uma temporada muito regular, com exibições de grande qualidade nas provas por etapas. Na Romandia ajudou Nairo Quintana e também se mostrou extremamente forte. 
Tem estado muito bem no contrarrelógio e com dois nesta prova, chega à Suiça como um dos grandes favoritos a vencer a prova helvética. 
Será o líder da equipa espanhola.
Outsider: Rui Costa
Já venceu por 3 vezes esta prova, no ano passado optou por estar no Dauphiné. A prova deste ano parece demasiado dura, mas o poveiro também tem estado bastante regular em 2016.
Na sua preparação para o Tour, a Volta a Suiça é um objectivo e se a vencer, entra no exclusivo lote dos recordista de vitórias na geral.

Seguir em directo: @tds, #tourdesuisse

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário