Tour 2015 - Análise 10ª Etapa

Chris Froome venceu a décima etapa e pode ter dado uma machadada na luta pela vitória final. O britânico deu um passo tremendo rumo à segunda vitória no Tour, apesar deste ter sido apenas o primeiro dia de alta montanha, Froome foi muito superior aos restantes.
Chris Froome vencedor da 10ª Etapa
A décima etapa, era o primeiro dia na alta montanha. O dia foi marcado por uma etapa praticamente plana, porém a parte final era um muro com 15 quilómetros, a uma pendente média de 7,4%.
O dia começou com a habitual criação de uma fuga, neste caso com Pierrick Fédrigo (Bretagne) e Kenneth Vanbilsen (Cofidis). O duo chegou a ter perto de 15 minutos de diferença, o que fez com que a Movistar começasse a perseguir.
Depois da zona de abastecimento, Warren Barguil caiu, mas apesar das muitas queixas conseguiu recuperar e chegar ao pelotão.

O ritmo era louco, a Movistar começou a ter ajuda da FDJ, mas no inicio da subida, a equipa espanhola tratou de começar a carnificina. Rui Costa, Péraud, Pinot, Bardet, Talansky e Dan Martin, foram ficando para trás.
A 11,4 quilómetros da meta, Robert Gesink abre as hostilidades e a Sky toma então conta do grupo principal, que já estava muito reduzido. Rafael Valls decide atacar e a 8 quilómetros é a vez de Alejandro Valverde, mas o ritmo do grupo era infernal, até que a 6 quilómetros da meta Froome lança um ataque muito forte. Ninguém o consegue seguir, Quintana é o único que ainda consegue esboçar uma reacção mas não dá para seguir com o britânico.
O Colombiano acabaria por perder um minuto, mas o golpe na moral do pequeno trepador, dar-se-ia no final da etapa, quando Richie Porte ultrapassa-o e rouba as bonificações do segundo lugar. Gesink acaba no quarto lugar, Valverde no quinto, Geraint Thomas no sexto.
Contador chegar no 11º lugar a 2:51 e o vencedor da edição do ano passado, Nibali, chegou no 21º lugar a 4:25.
Destaque para o excelente lugar de Gallopin (9º) e para o resultado desastroso do 'nosso' Rui Costa, que perdeu perto de 17 minutos. Agora terá liberdade para vitórias de etapa, já que o top-10 é uma miragem.

O mais do dia: Chris Froome
O menos do dia: Alberto Contador, Vincenzo Nibali

Classificação da Etapa:
1 Christopher Froome (GBr) Team Sky 4:22:07
2 Richie Porte (Aus) Team Sky 0:00:59
3 Nairo Quintana (Col) Movistar Team 0:01:04
4 Robert Gesink (Ned) Team LottoNL-Jumbo 0:01:33
5 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team 0:02:01
6 Geraint Thomas (GBr) Team Sky
7 Adam Yates (GBr) Orica GreenEdge 0:02:04
8 Pierre Rolland (Fra) Team Europcar
9 Tony Gallopin (Fra) Lotto Soudal 0:02:22
10 Tejay Van Garderen (USA) BMC Racing Team 0:02:30
...
78 Tiago Machado 0:14:47
88 Nelson Oliveira 0:16:40
90 José Mendes 0:16:40
92 Armindo Fonseca 0:16:40
100 Rui Costa 0:16:40


Classificação Geral após 10ª Etapa:
1 Christopher Froome (GBr) Team Sky 35:56:09
2 Tejay Van Garderen (USA) BMC Racing Team 0:02:52
3 Nairo Quintana (Col) Movistar Team 0:03:09
4 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team 0:04:01
5 Geraint Thomas (GBr) Team Sky 0:04:03
6 Alberto Contador (Spa) Tinkoff-Saxo 0:04:04
7 Tony Gallopin (Fra) Lotto Soudal 0:04:33
8 Robert Gesink (Ned) Team LottoNL-Jumbo 0:04:35
9 Warren Barguil (Fra) Team Giant-Alpecin 0:06:12
10 Vincenzo Nibali (Ita) Astana Pro Team 0:06:57
...
33 Rui Costa 0:22:10
69 Tiago Machado 0:42:31
81 Armindo Fonseca 0:45:29
108 Nelson Oliveira 0:51:56
161 José Mendes 1:09:44

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário