Decisão anulada no 'caso Mosquera'

Ezequiel Mosquera (na imagem)
A audiência nacional de Espanha, decidiu a favor de Ezequiel Mosquera e anulou o castigo de dois anos.
O ex-ciclista Espanhol tinha acusado positivo a hydroxyethyl numa análise efectuada durante a Vuelta a España 2010, prova que terminou no segundo posto da geral, 41 segundos atrás de Vincenzo Nibali.

De referir que imediatamente antes de terminar a Vuelta em 2010, Mosquera tinha assinado com a equipa do World Tour, Vacansoleil, equipa com a qual nunca chegou a correr devido à sanção. O ciclista recorreu para o Comité Espanhol de Disciplina Desportiva, que confirmou a sanção, que fez com que o corredor em 2012, desse por terminada a sua carreira. Apesar disso o corrredor não deixou de lutar pela sua inocência, sendo que agora a sanção foi anulada.

De referir, que Ezequiel Mosquera passou pelo pelotão Português, correu em várias equipas durante vários anos, Paredes de 1999 a 2002, Cantanhede em 2003 e Boavista em 2004.

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário