O que é o Ciclocross?

Vamos falar de uma das disciplinas do ciclismo menos conhecidas no nosso país, Ciclocross (conhecido também por Cross ou CX). Nasceu na Europa no inicio do século XX, através de ciclistas de estrada que procuravam manter a forma física nos meses de inverno.
Os corredores íam às cidades mais próximas correr contra os adversários e atravessavam campos agrícolas, cercas e atalhos para lá chegarem. Ao longo do tempo, foi-se percebendo que andar fora da estrada, melhorava a técnica do ciclista o que o ajudava em situações de corrida.
O Ciclocross é frequentemente referido como o 'avô' do BTT, apesar deste último ter nascido nos Estados Unidos.

O Francês Daniel Gousseau é apontado como o primeiro grande impulsionador da modalidade, ao organizar as primeiras provas, inclusive o Campeonato de França.

A loucura do Ciclocross Superprestive-Zonhoven 2014
No entanto, a grande nação do Ciclocross é sem dúvida nenhuma a Bélgica, onde a modalidade é acompanhada com uma paixão desmesurada. É por assim dizer, o desporto nacional da Bélgica.
A Holanda é outra nação onde a modalidade tem uma tradição muito forte.

Bicicletas e seus componentes
As bicicletas de Ciclocross,  à primeira vista são bastante parecidas com as bicicletas de estrada, no entanto são diferentes em alguns aspectos. Os quadros são praticamente iguais, embora devam ter mais espaço de modo a lama não acumular e permitir o uso de pneus mais amplos. 
Os pneus têm de ter aderência, especialmente em piso escorregadio e lamacento, condições habituais nas corridas de ciclocross de inverno no norte e centro da Europa. 
Os travões mais comuns são os cantilever ou, em alguns casos, uma versão 'especial' dos v-brake
As relações de transmissão são mais baixas do que numa bicicleta de estrada, uma vez que as provas de ciclocross são geralmente efectuadas em pisos pesados de lama, além do percurso habitualmente conter subidas bastante íngremes.

Percursos/Provas
As provas habitualmente duram cerca de 1h e disputam-se em circuitos curtos de aproximadamente 1 Km de distância. Entre a lama, empedrado, asfalto, relva, areia e cascalho, também se podem encontrar outros obstáculos, como por exemplo, escadas ou declives nos quais os concorrentes são obrigados a desmontar da bicicleta e transportá-la de modo a ultrapassar esses obstáculos.

Calendário
O Calendário de Ciclocross disputa-se entre Setembro e Fevereiro e está dividido em séries, sendo que as principais são as:
- Superprestige (Europa)
- BPost Bank Trophy (Bélgica) (antes de 2011-2012, chamada de Gazet van Antwerpen Trophy)
- Taça do Mundo UCI

Os campeonatos do Mundo são apenas uma prova, que coroa nesse dia um corredor que como o campeão de estrada, também usará a camisola 'arco-íris' durante 1 ano.

Nos Estados Unidos existem 2 séries importantes, mas sem a importância das rondas Europeias:
- U.S. Gran Prix of Cyclocross (EUA)
- Cross Crusade (EUA)

Principais figuras
Sven Nys
O principal nome da modalidade é sem dúvida nenhuma, o Belga, Sven Nys. Que tem um currículo impressionante, que inclui: 
- 6 títulos da Taça do Mundo, incluindo 46 vitórias em provas;
- 9 títulos da BPost Bank Trophy, 42 vitórias em provas;
- 13 títulos da Superprestige, com 55 vitórias em provas;
- 2 campeonatos do mundo;
- 9 campeonatos da Bélgica.

O actual campeão do mundo, é Zdenek Stybar, um nome bem conhecido do ciclismo de estrada, já que se trata do ciclista que corre pela Omega Pharma-Quickstep.

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário