Lampre-Merida confirma saída de Chris Horner

Chris Horner

A equipa Lampre-Merida confirmou que não irá manter Chris Horner para a temporada de 2015, mas desejou tudo de bom para o ciclista americano e agradeceu-lhe o ano que passou com a equipa. 

Horner ganhou a Vuelta a España 2013, mas só garantiu um lugar na equipa da Lampre-Merida em Janeiro. Ele foi "forçado" a falhar o Giro d'Italia depois de ser atropelado por um carro enquanto treinava em Itália e depois no Tour de France terminou no 17º lugar da geral. Ele terminou em segundo lugar da geral no Tour of Utah, mas foi impedido de participar na Vuelta pelo MPCC devido a um baixo nível de cortisol num teste voluntário antes da corrida. A última corrida do americano com a Lampre-Merida foi o Grand Prix Cycliste de Montreal a 14 de setembro. 
"A Team Lampre-Merida deseja a Chris tudo de melhor para o seu futuro: teria sido ótimo a equipa e Chris terem cruzado o seu caminho logo no início da sua carreira, a fim de ter uma relação mais longa", disse a equipa em comunicado no seu site. "A Lampre-Merida gostaria de mostrar o seu apreço para Horner por sua atitude pró-ativa, a sua paixão pelo ciclismo, sacrifícios e esforços que ele fez pela equipa durante a temporada de 2014: Chris tem sido um verdadeiro profissional em todos os sentidos, especialmente com sua a experiência que os jovens ciclistas admiram. "
O agente de Horner, Baden Cooke, sugeriu que várias equipas estavam interessadas em assinar com o seu corredor em meados de outubro. Mas enquanto Cooke garantiu um lugar para Jani Brajkovic com a UnitedHealthCare, Horner ainda tem que confirmar se vai correr em 2015 ou finalmente abandonar a modalidade

A Lampre-Merida tem até agora confirmados 16 ciclistas para 2015, incluindo o ex-campeão mundial Rui Costa e o sprinter Sacha Modolo . Conta ainda com Filippo Pozzato para as clássicas, enquanto as novas contratações incluem Ruben Plaza. Diego Ulissi ainda faz parte da equipa, mas está atualmente suspenso, à espera de sua audiência disciplinar depois de testar positivo para um alto nível de Salbutamol durante o Giro d'Italia. Os corredores que já deixaram a equipa foram Damiano Cunego, Elia Favilli, Luca Wackermann e Gang Xu. 

Também pode interessar:

jdragon cycling team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário