Giro di Lombardia 2014 - Daniel Martin foi o vencedor

Daniel Martin é um jovem ciclista profissional irlandês que actua para a equipa Garmin-Sharp.
Os seus maiores feitos são ganhar uma etapa na Vuelta a España 2011, vencer uma etapa no Tour de France 2013, vencer a classificação geral do Tour da Polónia em 2010 e na edição de Volta a Cataluna obteve também uma vitória na classificação geral. Nas corridas de um dia, denominadas de clássicas, ele venceu o Japão Cup 2010, o Tre Valli Varesine 2010, o Giro di Toscana em 2011, a clássica Liège-Bastogne-Liège em 2013, e em 2014 venceu o Giro di Lombardia. Com isto leva já dois monumentos ganhos, o que para um ciclista ainda jovem deixa antever que deverá arrecadar ainda mais alguns.


Martin na Liège–Bastogne–Liège

A sua carreira até ao momento foi feita nas seguintes equipas:
2015 - Garmin - Cannondale
2014 - Garmin Sharp
2013 - Garmin Sharp
2012 - Garmin Sharp
2011 - Team Garmin - Cervélo
2010 - Team Garmin - Trasitions
2009 - Team Garmin - Slipstream
2008 - Team Garmin - Chipotle
2007- Team Slipstream
 
O ano de 2014 tornou a ser um ano bastante proveitoso para o jovem ciclista irlandês pois neste ano de 2014 correu também o Giro de Itália, não tendo terminado a prova pois abandonou, mas mais recentemente terminou a Vuelta no top-10 da classificação geral, mais concretamente no sétimo lugar.
Fez ainda um sempre honroso quinto lugar no Tirreno-Adriático.



Martin no Tirreno- Adriático

Martin terminou em segundo lugar na “La Flèche Wallonne”, atrás do espanhol Alejandro Valverde, que foi este fim-de-semana segundo classificado no Giro di Lombardia, tendo sido feito desta forma uma inversão um de papeis, com Martin a levar a vitória e Valverde a levar para casa o segundo lugar. Mesmo com este segundo lugar de Valverde, o espanhol ascendeu ao primeiro lugar do ranking da UCI, faltanto apenas disputar uma grande prova esta temporada.Salientar que o ataque de Martin nos metros finais foi forte e que nenhum dos "favoritos " respondeu talvez por falta de pernas ou por estarem à espera uns dos outros. Podemos especular que alguns dos homens talvez tenham ficado à espera que a BMC respondesse pois tinha dois homens no grupo e iriam responder, mas o ataque como já foi referido foi forte e ninguém fechou o espaço e depois dos metros que Martin conquistou ficou complicado qualquer outro corredor ainda vencer. Talvez o próprio Rui devesse ter respondido, pois Valverde parece ser um ciclista que fica sempre feliz desde que suba ao pódio.

O Giro di Lombardia permitiu ainda ao nosso Português Rui Costa ascender também ao quarto lugar no referido ranking, provavelmente irá terminar a temporada na sua melhor posição de sempre.
O ciclista português pode mesmo ainda sonhar em ultrapassar Gerrans se conseguir um bom resultado no Tour de Beijing.

Também pode interessar:

jdragon cycling team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário