Giro d'Italia - Antevisão da 2ª etapa

Segunda jornada na Sicilia, numa etapa com um final que promete fazer uma seleção entre, puncheurs, spinters mais versáteis e os homens da geral.

Alcamo - Agrigento, 149 Km



Etapa relativamente curta, são apenas 149 Km. Os primeiros 50 Km são bastantes ondulados, com 4 subidas consecutivas (Calatafimi, Salemi, Santa Ninfa e Partanna) e descidas entre elas, uma fuga deve-se formar cedo neste terreno.
A partir dos 50 Km, o pelotão vai percorrer a costa mediterrânica, o vento poderá ter uma palavra. Nesta fase, o terreno é plano e rolante até à entrada de Agrigento, onde os últimos 4 Km são a subir, com 5,3% de pendente média, mas com uma rampa de 9% a cerca de 2,5 Km da meta, ideal para ataques.

Sprints intermédios:
46.1 Km - Partanna
136.9 Km - Porto Empedocle

Subidas categorizadas:
37, Km - Santa Ninfa (5,6 @ 4.2%)
Meta - Agrigento (3,7 @ 5,3%)




Condições meteorológicas

Não é esperado chuva.
Temperatura vai a rondar os 25ºC.
O vento vai soprar fraco/moderado de oeste.

Favoritos

Sprinters vs Puncheurs
O final parece-nos demasiado duro para sprinters como Gaviria ou Démare, no entanto ciclistas como Matthews e mesmo Sagan porque são mais versáteis têm uma oportunidade de ouro. O eslovaco tem de estar em melhor forma que aquela que apresentou no Tour para aguentar esta subida final, a Sunweb deverá apertar o ritmo de forma a seleccionar o grupo.
Corredores como Diego Ulissi, Andrea Vendrame ou Simon Clarke são ciclistas explosivos e este final assenta-lhes muito bem.
Interessante vai ser também a atitude da Deceuninck-QuickStep, João Almeida tem aqui uma hipótese muito séria de ficar com a maglia rosa. 

⭐⭐⭐ Michael Matthews
⭐⭐ Peter Sagan, Diego Ulissi
⭐ Andrea Vendrame, Simon Clarke, Arnaud Démare, Jhonatan Narváez, Davide Ballerini

A nossa aposta: Michael Matthews
O australiano desiludiu no contarrelógio, ter saído a meio prejudicou-o já que o vento mudou e afetou seriamente os resultados de quem saiu a partir do meio até ao final.
Para compensar tem aqui um final feito à sua medida, não muito duro, mas seletivo o suficiente para eliminar os sprinters puros. 

Joker: Diego Ulissi
Sabe como ganhar etapas no Giro, a parte final é boa para ele. No Luxemburgo mostrou muito boas pernas, que não confirmou no mundial, onde ficou afetado por problemas estomacais.
Para este dia é a aposta da UAE, em detrimento de Gaviria.

Seguir em directo: #Giro2020, #Giro, #Giro103

Eurosport 2 (14:00)

Horário Portugal continental

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Publicar um comentário