Tour de La Provence (2.Pro) - Antevisão

O Tour Cycliste International La Provence é uma das provas mais jovens do rico calendário francês de ciclismo. Criada em 2016, como o nome sugere decorre na região da Provença, no sul da França.
É uma prova importante de inicio de temporada, com alguma dureza, ideal para rodar e colocar quilómetros de competição nas pernas. A lista de participação é de luxo.

História

2016 Thomas Voeckler (FRA) Direct Energie
2017 Rohan Dennis (AUS) BMC Racing Team
2018 Alexandre Geniez (FRA) AG2R La Mondiale
2019 Gorka Izagirre (ESP) Astana



Percurso

13/2 Etapa 1 - Châteaurenard › Saintes-Maries-de-la-Mer (149.5 Km)
14/2 Etapa 2 - Aubagne › La Ciotat (174.9 Km)
15/2 Etapa 3 - Istres › Mont Ventoux/Chalet Reynard (140.2 Km)
16/2 Etapa 4 - Avignon › Aix-en-Provence (170.5 Km) 
Total: 635.1 Km

Quatro etapas, a primeira é a única para os velocistas, sendo as restantes adequadas aos homens da geral e a ciclistas atacantes.
A 3ª etapa é a rainha da prova, com chegada ao Chalet Reynard no Mont Ventoux. Mas muito atenação às outras duas, que tem subida acumulada parecida com a etapa rainha. Principalmente a 2ª etapa, que tem uma chegada muito interessada e dura.

Perfis

13/2 Etapa 1 - Châteaurenard › Saintes-Maries-de-la-Mer (149.5 Km)

Subidas categorizadas
Km 23 - Col du Destet : 3ª Cat., 1,4 km a 4,5% - a 125,5 km da meta

Dia para os sprinters.

14/2 Etapa 2 - Aubagne › La Ciotat (174.9 Km)

Subidas categorizadas
Km 10,5 - Col de l'Espigoulier : 1ª Cat. 10,1 km a 5,4%
Km
53,8 - Col de la Coutronne : 1ª Cat. 7,9 km a 4,8%
Km 78,2 - Côte de Mazaugues : 3ª Cat. 2 km a 4,5%
Km 151,4 - Côte du Brûlat : 3ª Cat. 2,4 a 8,5% 
Meta - Route des Crêtes : 3,4 km a 8%

São cerca de 2700 metros de subida acumulada, com 4 contagens de montanha, as duas primeiras, são de 1ª categoria. O final é em subida, apesar de não estar categorizada, são 3400 metros a 8%. Este é um dos dias para os homens da geral.

15/2 Etapa 3 - Istres › Mont Ventoux/Chalet Reynard (140.2 Km)

Subidas categorizadas
Km 57 - Côte de Lauris : 3ª Cat. 1,1 km a 3,8%
Km 71,6 - Côte des Cèdres : 3ª Cat.  2,8 km a 4,1%
Meta - Cat Chalet Reynard : 1ª Cat. 14,6 km a 7,6%

Etapa rainha da prova, com final em Chalet Reynard no Mont Ventoux. São 14,6 Km a 7,6% de pendente média, terreno de trepadores e serão eles a disputar a vitória na etapa e na geral.

16/2 Etapa 4 - Avignon › Aix-en-Provence (170.5 Km)

Subidas categorizadas 
Km 30,7 - Côte des 3 Termes : 3ª Cat. 9 km a 4,3%
Km 96,9 - Col de l'Aire dei Masco : 1ª Cat. 6,3 km a 4,8%
Km 154,6 - Côte de la Cride : 3ª Cat. 3,8 km a 4,8% - Subida a 15,9Km da meta

Etapa complicada, com 2600 metros de subida acumulada. Terreno ondulante, constante sobe e desce, que fará a seleção. A última subida fica a 16 Km da meta e pode ser decisiva.

Startlist

Aqui

Favoritos

⭐⭐⭐⭐⭐ Thibaut Pinot, Pavel Sivakov
⭐⭐⭐⭐ Nairo Quintana, Warren Barguil
⭐⭐⭐ David Gaudu, Jesus Herrada, Gorka Izagirre
⭐⭐ Alexey Lutsenko, Marc Hirschi, Hugh Carthy
⭐ Sepp Kuss, Jan Hirt, Wilco Kelderman,

A nossa aposta: Thibaut Pinot
Regressa à competição depois de vários meses de ausência, desde o abandono no Tour. Segundo o próprio, o percurso assenta-lhe bem e está presente na prova com ambições.
A Groupama-FDJ apresenta também David Gaudu, que é outros dos que pode ter uma palavra a dizer na geral.

Joker: Jesus Herrada
O espanhol é o líder indiscutivel da Cofidis, a equipa francesa quer dar uma boa imagem. Começou a temporada de forma positiva no GP Marsellaise e tem uma adoração pelo Mont Ventoux, local onde venceu no passado a prova do 'Desafio Mont Ventoux'.
A 2ª e 3ª etapa assentam-lhe muito bem.


Seguir em directo: @laprovence;

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Publicar um comentário