Volta à França 2018 - Antevisão 1ª Etapa

A 105ª edição da Volta à França parte de Noirmoutier-En-L'Ile, na região de Pays de la Loire. Pela frente os ciclistas terão um percurso de 201 quilómetros.
3,2,1... Que comece o espectáculo!



Etapa muito tranquila, na sua maioria percorrida ao longo da costa francesa. O vento pode ser um fator importante, os ciclistas terão de estar atentos a possíveis cortes.
A única contagem de montanha é apenas para que alguém vista a camisola, porque o topo está situado apenas 30 metros acima do nível do mar.

Sprints intermédios:
- La Tranche-sur-Mer (0 m, Km 119.1),
- Maillezais (13 m, Km 185.8).

Subida categorizada:
Côte de Vix (4ª Cat. 29 m, 0.7 Km a 4.1%, Km 171.0).

Bónus
Este ano a organização decidiu colocar nas primeiras 9 etapas um sprint especial relativamente perto da meta, com bónus de 3, 2 e 1 segundos para o 1º, 2º e 3º a passarem nele. Está assinalado no perfil desta forma:

Mallezais (14m, Km 187,5)

Cidade de partida: Noirmoutier-en-l'Île


Situada no norte da ilha Noirmoutier, cresceu a partir da construção de um mosteiro no ano de 674. A grande atração é o seu Castelo, o Château de Noirmoutier, que foi construido durante os séculos XI e XII.
Já foi cenário de alguns filmes, o mais conhecido remonta aos anos 70, César et Rosalie. É em Noirmoutier que se comercializam as batatas mais caras do mundo, as "La Bonnotte". Só são produzidas cerca de 100 toneladas todos os anos e o preço por quilo ronda os 500€!
Por ser uma zona balnear, no verão está apinhada de turistas.

Cidade de chegada: Fontenay-le-Comte


Pequena cidade na região de Vendée, que noutros tempos chegou a ser a principal e também chegou a ter outro nome, Fontenay-le-Peuple. Foi capital do departamento de Vendée entre 1790 e 1806.
Fontenay remonta a sua fundação ao tempos dos Gauleses e foi alvo de diversas disputas, o sufixo Comte, vem do tempo em que o local foi tomado por Louis IX à família Lusignan e oferecida ao seu irmão Alphonse, conde de Poitou.
Para os fãs de ciclismo, o local é mais conhecido pelo o segundo titulo de campeão francês consecutivo de Jacky Durand em 1994.

Condições meteorológicas

Dia com muito sol e temperatura ideal para pedalar, a rondar os 23ºC. O vento irá soprar fraco a moderado de noroeste, isto, quer dizer que estará de costas grande parte do percurso.

Favoritos

*** Fernando Gaviria, Dylan Groenewegen
** Peter Sagan, Marcel Kittel, Arnaud Démare
* Alexander Kristoff, Mark Cavendish, André Greipel

A nossa aposta: Fernando Gaviria
Tem à sua disposição o melhor comboio e por isso dá-lhe alguma vantagem em relação aos outros. O colombiano estreia-se no Tour e a motivação será grande.
Este ano tem variado, entre o muito bom e o medíocre, mas neste momento é difícil apostar contra a Quick-Step.

Outsider: Marcel Kittel
Foi o dominador do sprint no Tour passado, mas entretanto mudou de equipa e as coisas mudaram muito. 
Para mostrar que continua a ser o melhor, tem aqui a oportunidade, numa chegada ideal para as características de Kittel, onde pode colocar toda a potência na estrada.

Seguir em directo: #tdf2018, #letour, #tourdefrance, #tdf

(a partir das 9:55, hora de Portugal Continental)
 (a partir das 13:10, hora de Portugal Continental, passa para a RTP1 às 14:15)



Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário