Clasica de Almeria (1.HC) - Antevisão


A Clasica de Almeria, é a prova de um dia espanhola que mais se adapta aos homens rápidos. A lista de vencedores prova isso mesmo, com alguns dos melhores sprinters do mundo a fazerem parte da mesma. Será a 31ª edição.
A prova vem no seguimento, de uma série de provas realizadas neste período no sul do país vizinho, devido sobretudo às condições climatéricas favoráveis da região. Depois do Challenge de Maiorca, da Valenciana, Múrcia, teremos esta prova e depois vem a Ruta del Sol e a Algarvia, que mesmo não sendo em Espanha, é mesmo ao lado.

História

últimos 10 vencedores
2008 Juan José Haedo (ARG) Team CSC
2009 Greg Henderson (NZL) Team Columbia-High Road
2010 Theo Bos (NED) Cervélo TestTeam
2011 Matteo Pelucchi (ITA) Geox-TMC
2012 Michael Matthews (AUS) Rabobank
2013 Mark Renshaw (AUS) Blanco Pro Cycling
2014 Sam Bennett (IRL) NetApp-Endura
2015 Mark Cavendish (GBR) Etixx-Quick Step
2016 Leigh Howard (Aus) IAM Cycling
2017 Magnus Cort Nielsen (Den) Orica-Scott 

Edição 2017 (Top-10)
1    Magnus Cort Nielsen (Den) Orica-Scott    4:31:22    
2    Rüdiger Selig (Ger) Bora-Hansgrohe         
3    Jens Debusschere (Bel) Lotto Soudal         
4    Carlos Barbero Cuesta (Spa) Movistar Team         
5    Amaury Capiot (Bel) Sport Vlaanderen - Baloise         
6    Baptiste Planckaert (Bel) Katusha-Alpecin         
7    Maciej Paterski (Pol) CCC Sprandi Polkowice         
8    Daniel Lopez Parada (Spa) Burgos-BH         
9    Raymond Kreder (Ned) Roompot - Nederlandse Loterij         
10    Jonas Van Genechten (Bel) Cofidis, Solutions Credits

Percurso

Almeria > Roquetas de Mar, 191,49 Kms

Tradicionalmente é uma prova que assenta bem nas características dos velocistas. Um dos factores que pode influenciar profundamente o desenrolar da prova é o vento, já que a prova disputa-se ao longo da costa do sul de Espanha.
Em relação ao ano passado, o percurso é bastante parecido. As grandes dificuldades estão colocadas entre 80 e os 96 quilómetros, com três contagens de montanha encadeadas. Os últimos 90 quilómetros são em descida e em terreno plano, se o vento estiver a soprar com alguma intensidade pode provocar cortes.
Sprints intermédios:  
- Tabernas (Km 27.4), 
- Uleila del Campo (Km 51.1), 
- Rioja (Km 124.6), 
- Almeria (Km 149.8).

Subidas categorizadas:  
- Cuesta Blanca (3ª Cat., 602 m, 1.2 Km a 5.0%, Km 41.0), 
- Mirador de Lucaimena (4ª Cat., 544 m, 0.7 Km a 5.5%, Km 88.2), 
- Balcon de Sierra Alhamilla (3ª Cat., 604 m, 1.6 Km a 4.8%, Km 90.3), 
- Alto de Turrillas (2ª Cat., 805 m, 4.5 Km a 4.8%, Km 95.4).
 

Zona de abastecimento: 
- Sobras (Km 74.2). 


Startlist


Condições atmosféricas 


Dia com muito sol e com temperatura a rondar os 16ºC. O vento irá soprar moderadamente de sudoeste, com rajadas que podem superar os 20 Km/h, é um factor importante para o desenrolar da prova.

Favoritos

***** Caleb Ewan, Danny Van Poppel
**** Matteo Pelucchi, Carlos Barbero
*** Timothy Dupont, Rudiger Selig
** Coen Vermeltfoort, Thomas Boudat, Marko Kump, Hugo Hofstetter
* Serget Shilov, Mads Würtz Schmidt, Oscar Gatto, Ryan Anderson, Michael Van Staeyen, Jose Joaquin Rojas, Michael Schwarzmann, Jon Aberasturi, Aidis Kruopis

A nossa aposta: Danny Van Poppel
Regressou à base (começou na equipa continental Rabobank, que era apoiada pela Rabobank equipa do WT que agora é a LottoNL-Jumbo) e entrou no ano da melhor forma, venceu a 1ª etapa da Valenciana.

Outsider: Carlos Barbero
Deve ser a principal aposta da Movistar, até pelas características do percurso. Em 2017 foi 4º e este ano procura melhorar esse resultado, até porque a temporada passada não foi totalmente satisfatória e este ano esperam-se melhores resultados.

Seguir em directo: @Clasica_Almeria; #CAlmeria

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário