Vuelta a España 2017 - Antevisão 14ª etapa

A primeira de duas etapas muito duras neste fim de semana. Um final na Sierra de la Pandera que pode resultar em diferenças muito grandes entre as principais figuras desta Vuelta.


Mapa da etapa


Perfil da etapa
Etapa com 175 quilómetros extensão, em que os primeiros 75 são relativamente acessíveis. A partir daí, o terreno não tem um metro plano, ou se está a subir ou a descer, constante sobe e desce.
Mas o grande desafio são os últimos 30 quilómetros da etapa, com duas contagens de montanha, uma de 2ª categoria, o Puerto Locubin e a Sierra de La Pandera a coincidir com a linha de meta, uma contagem de categoria Especial. Aqui ficam as características das contagens de montanha do dia:

- Km 85.5 – Puerto El Mojón 8.8 km de subida a 3.7% – cat. 3
- Km 153.1 – Puerto Locubin 8.5 km de subida a 4.8% – cat. 2
- Km 175.0 – Sierra de la Pandera 12 km de subida a 7.3% – cat. ESP

A subida à Sierra de La Pandera, é muito dura, com algumas rampas acima dos dois dígitos. A zona mais dura, chega aos 13% de inclinação.

Perfil da Sierra de la Pandera


Cidade de partida: Écija


Ecija é um município espanhol pertencente à província de Sevilha. 
Existem duas festividades que se destacam: a Virgem do Vale, padroeira da cidade, que se celebra em 8 de setembro; e a feira de setembro, realizada uma semana após o santo padroeiro.
Popularmente conhecida como Cidade do Sol, a Cidade das Torres e a Sertã (frigideira) da Andaluzia (devido às suas altas temperaturas, especialmente no verão), é considerado um dos mais importantes centros artísticos da Andaluzia.
Devido ao seu património, é uma das mais belas cidades da Andaluzia, com palácios majestosos como Peñaflor ou Benamejí, sede do Museu Municipal da História.
Em 1981, Écija recebeu pela primeira vez uma saída de etapa da Vuelta, sendo esta a segunda vez que a prova parte daqui.

Local de chegada: Sierra de La Pandera


A Sierra de La Pandera, com 1872 metros de altitude, é o ponto mais alto da Sierra Sur de Jaén. No seu topo existe uma estação militar.
Do alto da serra podem ser vistos alguns lugares como: o pântano do rio Quiebrajano, a Serra Nevada, a Serra Mágina e a Serra de Cazorla.
A Vuelta chegou à Sierra de La Pandera por quatro vezes na sua história (2002, 2003, 2006 e 2009). Na última vez (2009) venceu Damiano Cunego e desde essa altura que muitos esperavam o regresso da Vuelta a este pico. 
A paisagem pode ser muito bonita, mas para lá chegarem, os ciclistas terão de enfrentar uma rampa longa e íngreme com secções que ultrapassam os 16% de inclinação.

Condições meteorológicas

Dia com muito Sol, com temperaturas a rondarem os 28ºC. O vento soprará fraco/moderado de sudoeste.

Favoritos

Classificação geral após 13ª etapa:
1 Christopher Froome (GBr) Team Sky 53:48:06
2 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida 0:00:59
3 Johan Esteban Chaves Rubio (Col) Orica-Scott 0:02:13
4 Wilco Kelderman (Ned) Team Sunweb 0:02:17
5 David de la Cruz (Spa) Quick-Step Floors 0:02:23
6 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin 0:02:25
7 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team 0:02:37
8 Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac 0:02:41
9 Alberto Contador Velasco (Spa) Trek-Segafredo 0:03:13
10 Miguel Angel Lopez (Col) Astana Pro Team 0:03:58

11 Nicolas Roche (Irl) BMC Racing Team 0:04:25
12 Tejay van Garderen (USA) BMC Racing Team 0:04:32
13 Sam Oomen (Ned) Team Sunweb 0:04:48
14 Wout Poels (Ned) Team Sky 0:05:01
15 Steven Kruijswijk (Ned) Team LottoNL-Jumbo 0:05:50
16 Louis Meintjes (RSA) UAE Team Emirates 0:06:26
17 Sergio Pardilla Bellon (Spa) Caja Rural-Seguros RGA 0:10:16
18 Mikel Nieve Ituralde (Spa) Team Sky 0:12:13
19 Igor Anton Hernandez (Spa) Dimension Data 0:13:27
20 Darwin Atapuma (Col) UAE Team Emirates 0:21:14
---
30 Nelson Oliveira (Por) Movistar Team 0:34:59
36 Rui Alberto Faria da Costa (Por) UAE Team Emirates 0:49:27
51 Ricardo Vilela (Por) Manzana Postobon 1:09:22
134 Rafael Reis (Por) Caja Rural-Seguros RGA 2:17:07


*** FUGA (Romain Bardet, Darwin Atapuma, Jaime Róson, Rui Costa,  Rafal Majka, Daniel Moreno, Marc Soler, Igor Anton, Sergio Pardilla, Luis Léon Sanchez, Maxime Monfort, Daniel Navarro)
** Chris Froome, Vincenzo Nibali
 Alberto Contador, Ilnur Zakarin, Esteban Chavez, David de la Cruz, Wilco Kelderman, Miguel Angel Lopez

A nossa aposta: FUGA (Romain Bardet)
Apostamos mais uma vez na fuga e neste caso pela dureza da etapa, acreditamos que é o dia para Romain Bardet ganhar uma etapa. O francês não está no seu melhor, mas tem estado concentrado em vencer etapas, esta adapta-se na perfeição às suas características.

Outsider: Chris Froome
Se a fuga não tiver sucesso, este é o dia ideal para Froome sentenciar a vitória na Vuelta. Apesar das quedas na 12ª etapa, o britânica não parece muito afetado.
A Sky controlará a corrida e vão impôr um ritmo forte nas últimas duas contagens de montanha.

Seguir em directo: #LV2017 #laVuelta #Vuelta2017 #laVuelta2017
(a partir das 13:40)
(a partir das 15:00)

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário