Volta à França 2017 - Antevisão 14ª etapa

Depois de dois dias nos Pirenéus, o Tour tem uma etapa de transição com final em Rodez. O final tem uma ligeira subida, que poderá eliminar da luta sprinters como Kittel ou Greipel.

Rescaldo da 13ª etapa
Etapa muito movimentada praticamente desde da partida. Mas foi quando faltavam 60 quilómetros para a meta no Col d'Agnes, Alberto Contador atacou e levou consigo Mikel Landa. Warren Barguil, Michal Kwiatkowski e Nairo Quintana um pouco depois também saltaram do grupo principal que a cada quilómetro perdia elementos. Barguil líder da classificação da montanha acabaria por reforçar a liderança.
O duo da frente (Contador e Landa) ganharam uma vantagem que colocava a camisola amarela de Aru em risco. Na última ascensão, ao Mur de Péguère, Kwiatkowski descaiu para ajudar Froome, que fez dois ataques, mas não teve grandes resultados. Quintana e Barguil acabariam por apanhar Landa e Contador.
A descida até à meta foi rápida, no grupo do camisola amarela, foram realizados vários ataques, apenas Simon Yates e Daniel acabaram por ganhar uns segundos. Barguil foi o melhor e venceu a etapa, Nairo Quintana foi segundo e volta a estar na disputa, Alberto Contador foi 3º e ganhou o prémio da combatividade do dia e Mikel Landa é 5º da geral a 1 minuto e 9 segundos de Fabio Aru.


Classificação da 13ª Etapa do Tour (Top 10)
1 Warren Barguil (Fra) Team Sunweb 2:36:29   
2 Nairo Quintana (Col) Movistar Team        
3 Alberto Contador (Spa) Trek-Segafredo        
4 Mikel Landa (Spa) Team Sky 0:00:02   
5 Simon Yates (GBr) Orica-Scott    0:01:39   
6 Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors        
7 Michal Kwiatkowski (Pol) Team Sky 0:01:48   
8 Christopher Froome (GBr) Team Sky        
9 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team        
10 Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac   
...
109 Tiago Machado (Por) Katusha-Alpecin 0:15:41

Classificação geral após a 13ª Etapa (Top 10)
1 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team 55:30:06   
2 Christopher Froome (GBr) Team Sky 0:00:06   
3 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale 0:00:25   
4 Rigoberto Uran (Col) Cannondale-Drapac 0:00:35   
5 Mikel Landa (Spa) Team Sky 0:01:09   
6 Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors    0:01:32   
7 Simon Yates (GBr) Orica-Scott    0:02:04   
8 Nairo Quintana (Col) Movistar Team 0:02:07   
9 Louis Meintjes (RSA) UAE Team Emirates 0:04:51   
10 Alberto Contador (Spa) Trek-Segafredo 0:05:22   
...
65 Tiago Machado (Por) Katusha-Alpecin 1:25:14

Diferenças entre os chefes de fila:
1 - Fabio Aru (Astana Pro Team) 55h30’06”
2 - Chris Froome (Team Sky) +6″
3 - Romain Bardet (AG2R La Mondiale) +25″
4 - Rigoberto Urán (Cannondale-Drapac) +35″
5 - Mikel Landa (Team Sky) +1:09″
5 - Dan Martin (Quick-Step Floors) +1:32″
6 - Simon Yates (Orica-Scott) +2:04″
8 - Nairo Quintana (Movistar Team) +2:07″
9 -  Louis Meintjes (UAE Team Emirates) +4:51″
10 - Alberto Contador (Trek-Segafredo) +5:22″
11 - George Bennett (LottoNL-Jumbo) +6:24″
14 - Damiano Caruso (BMC) +11:13″
15 - Warren Barguil (Team Sunweb) +14:05″
17 - Emanuel Buchmann (Bora-Hansgrohe) +16:34″
40 - Andrew Talansky (Cannondale-Drapac) +1:04:06″
47 - Esteban Chaves (Orica-Scott) +1:08:24″


Perfil da 14ª etapa
Mapa da 14ª etapa
Etapa de transição de 181,5 quilómetros de extensão, com pouca montanha. São duas contagens de 3ª categoria, já nos últimos 50 quilómetros finais, que juntando ao constante sobe e desce podem fazer mossa no pelotão. Além disso, o cansaço acumulado já começa a pesar nas pernas.
O final não é plano, com os últimos metros a terem perto de 10% de inclinação, o que dará uma chegada interessante e diferente das que temos tido nas etapas planas.


Últimos 5 Kms


Cidade de partida: Blagnac

Blagnac
Blagnac é uma cidade francesa no departamento de Haute-Garonne, no sudoeste da França.
Nesta cidade que nasceu o famoso avião Concorde. Blagnac, pólo europeu de aeronáutica e porta de entrada para a região de Midi-Pyrénées, é também o berço do Airbus A380 e a sede global da Airbus. Em 2013 abriu portas o Museu Aeroscopia, onde os visitantes podem ver aviões lendários como o Caravelle, Concorde, Super Guppy, A300 e a grande família de aeronaves Airbus. 

Cidade de chegada: Rodez

Vista aérea de Rodez
Rodez é uma cidade que agrada aos amantes de arquitectura. Para os que preferem arquitectura antiga, a sua catedral de estilo gótico é de uma beleza inquestionável - a Catedral de Notre-Dame de Rodez. Mas para aqueles que preferem o estilo moderno, não podem perder o novo Musée Soulages , inaugurado em 2014 e que expõem quadros e vitrais de artistas naturais da cidade.

Condições meteorológicas

As previsões são animadores, não se espera chuva e as temperaturas rondarão os 26ºC. O vento irá soprar de Noroeste, o que fará que em grande parte do percurso esteja contra.

Favoritos

*** Michael Matthews
** Greg van Avermaet, Edvald Boasson Hagen, Sonny Colbrelli
* Alexander Kristoff, Nacer Bouhanni, John Degenkolb, Philippe Gilbert, Alberto Bettiol

A nossa aposta:
Michael Matthews
Esta chega é ideal para si. Não é completamente plana, o que elimina os sprinters mais potentes como Kittel, Greipel e Groenewegen.
Dos sprinters em prova é aquele que melhor aguenta a montanha, isso conjugado com o facto de estar em boa forma, coloca-o como o grande favorito.

Outsider: Greg Van Avermaet
O campeão olímpico tem a grande oportunidade na prova. Tem estado em fugas e tanto pode vencer por aí, como em chegada compacta, já que é um bom finalizador neste tipo de chegadas.
A BMC depois do abandono de Richie Porte, passou a apontar para as etapas, o que significa que amanhã podem querer controlar a corrida.

Seguir em directo: #tdf2017, #letour, #tdf
(a partir das 12:00, hora de Portugal Continental)
(a partir das 13:10, passa para a RTP1 às 14:30, hora de Portugal Continental)





Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário