27º GP Jornal de Notícias - Antevisão


Sai hoje para a estrada a 27ª edição do GP Jornal de Notícias, uma das mais emblemáticas provas do calendário português.
A edição deste ano trás algumas novidades. A primeira delas acontece logo na abertura, um prólogo nocturno nas ruas de Viseu, a partir das 21 horas.

História
últimos 10 vencedores
1995 Joaquim Gomes
1996 Paulo Ferreira
1997 Evgeni Berzin
1998 Romans Vainsteins
1999 Melchor Mauri
2000 Mikel Artetxe
2001 Joan Horrach
2013 César Fonte
2015 António Carvalho
2016 Rafael Reis

Edição 2016 (Top-10)
1 Rafael Reis Elite W52/FC PORTO 17:48:55
2 António Carvalho W52/FC PORTO
3 Vicente Garcia de Mateos LOULETANO - HOSPITAL DE LOULE 0:00:09
4 Rinaldo Nocentini SPORTING/TAVIRA 0:00:15
5 Henrique Casimiro EFAPEL 0:00:18
6 Frederico Figueiredo RADIO POPULAR - BOAVISTA 0:00:28
7 César Fonte RADIO POPULAR - BOAVISTA
8 Amaro Antunes LA ALUMINIOS/ANTARTE 0:00:30
9 Hugo Sabido SPORTING/TAVIRA 0:00:45
10 Bruno Silva LA ALUMINIOS/ANTARTE 0:01:02

Percurso
24 de Maio - Prólogo: Viseu > Viseu (5,9 km) 25 de Maio - 1ªetapa: Ovar > Maia (138,1 km) 26 de Maio - 2ªetapa (1ºsector): Maia > Viana do Castelo (Santuário de Santa Luzia) (83,7 km) 26 de Maio - 2ªetapa (2ºsector - CRI): Barcelos > Alto da Franqueira (6,7 km) 27 de Maio - 3ªetapa: Viana do Castelo > Ovar (178,4 km) 28 de Maio - 4ªetapa: Valongo > Valongo (130,0 km)
Total: 542,8

Perfis
24 de Maio - Prólogo: Viseu > Viseu (5,9 km)
No primeiro dia de prova o pelotão disputará um prólogo com quase 6 quilómetros, pelas ruas de Viseu. Funcionará no sistema de contra-relógio por equipas, com partidas de 5 em 5 minutos.
O percurso não apresenta quaisquer dificuldades, parecendo que foi desenhado a 'régua e esquadro'.

25 de Maio - 1ªetapa: Ovar > Maia (138,1 km)
A primeira etapa terá partida em Ovar às 13:30 e prevê-se a chegada à Maia, por volta das 17 horas.
A etapa conta com 138 quilómetros, onde as maiores dificuldades estão localizadas na primeira parte do percurso, com duas contagens de montanha de 2ª categoria. Apesar dos restantes quilómetros serem um sobe e desce constante, prevê-se que a chegada se faça ao print.

26 de Maio - 2ªetapa (1ºsector): Maia > Viana do Castelo (Santuário de Santa Luzia) (83,7 km)
Para o terceiro dia de prova está guardada uma jornada dupla, sendo que as duas chegadas serão em alto.
Da parte da manha, o pelotão parte da Maia às 9:30 com direcção a Viana do Castelo. Serão 83,7 quilómetros que irão culminar com a subida ao Santuário de Santa Luzia.

26 de Maio - 2ªetapa (2ºsector - CRI): Barcelos > Alto da Franqueira (6,7 km)


De tarde haverá mais uma luta contra o cronómetro, mas desta vez será individual. Os ciclistas irão partir de 1 em 1 minuto, do Largo do Município em direcção ao Alto da Franqueira, sendo que nos últimos 3 quilómetros terão pela frente uma exigente escalada.
A ordem de partida para o CRI será a inversa à classificação geral individual.

27 de Maio - 3ªetapa: Viana do Castelo > Ovar (178,4 km)

Para a terceira etapa o pelotão volta a Viana do Castelo, mas desta vez para a partida daquela que é a etapa mais longa da prova. Serão 178,4 quilómetros a ligar Viana do Castelo a Ovar, durante os quais terão de ultrapassar 4 contagens de montanha, sendo a última a 35 quilómetros da meta, o que poderá indicar uma nova chegada em pelotão compacto. 

28 de Maio - 4ªetapa: Valongo > Valongo (130,0 km)

A prova termina no Domingo com uma etapa de 130 quilómetros. Tanto a partida como a chegada da etapa serão no centro de Valongo.
O percurso do dia é bastante ondulado. Logo nos primeiro 20 quilómetros o pelotão terá de ultrapassar duas contagens de montanha, uma de 3ª categoria (Alto da Senhora do Amparo) e logo após a descida começa a subida de 1ª categoria (Alto do Estádio do Lordelo). Nestas dificuldades poderá formar-se a fuga do dia.
As duas últimas contagens de montanha estão localizadas mais perto do final. a 46 quilómetros da meta uma subida de 1ª categoria (Alto de Canelas) e a 13 quilómetros do fim, a subida para o Alto do Cruzeiro de Vila Cova (3ª categoria).
Espera-se que a classificação geral individual permaneça em aberto até ao último dia, tornando esta etapa.

Startlist
Aqui

Regulamento particular da prova
Aqui 

Detalhes do percurso
Aqui

Favoritos
Sem uma lista de participantes fica complicado identificar os principais favoritos. Ainda contactamos a Federação Portuguesa de Ciclismo, mas até à saída desta antevisão, não recebemos qualquer resposta.

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário