Vuelta Ciclista a La Rioja (1.1) - Antevisão

  

Este fim de semana é dominado pela Volta à Flandres, mas em Espanha disputa-se uma clássica que já vai na 57ª edição, a Vuelta Ciclista a La Rioja. 
Até 2008 era uma prova por etapas, mas a partir de 2009 a prova passou a ser de um dia, a reorganização deveu-se apenas aos problemas económicos no país vizinho.
A prova conta no seu palmarés com vencedores ilustres: Luis Ocaña, Miguel Indurain e Laurent Jalabert destacam-se.
Este ano, Portugal está representado por 5 equipas: W52-FCPorto-Mestre da Cor, Radio Popular-Boavista, Sporting Clube Portugal-Tavira, Louletano-Hospital de Loulé e LA Alumínios-Metalusa.

História
últimos 10 vencedores
2007 Rubén Plaza (ESP) Caisse d'Epargne
2008 Manuel Calvente (ESP) Contentpolis–Murcia
2009 David García (ESP) Xacobeo–Galicia
2010 Ángel Vicioso (ESP) Andalucía–Cajasur
2011  Imanol Erviti (ESP) Movistar Team
2012 Evgeny Shalunov (RUS) Lokosphinx
2013 Francesco Lasca (ITA) Caja Rural–Seguros RGA
2014 Michael Matthews (AUS) Orica–GreenEDGE
2015 Caleb Ewan (AUS) Orica–GreenEDGE
2016 Michael Matthews (Orica-Greenedge)

Edição 2016 (Top-10)
1 Michael Matthews (Orica-Greenedge) 3:47:20             
2 Carlos Barber (Caja Rural-Seguros Rga)        
3 Samuel Caleira (W52-FC Porto)        
4 Daniel Freitas (W52-FC Porto)        
5 Maris Bogdanovics (Rietumu-Dolphin)        
6 Yanto Barker (One Pro Cycling)        
7 Vicente Mateos (Louletano)        
8 Vadim Zhuravlev (Lokosphinx)        
9 Juan Perez (W52-FC Porto)
10 Garikoitz Bravo (Basque Basque Country)

Percurso
Villamediana de Iregua › Logroño (150,5 Kms)


O percurso tem o seu inicio na capital da província de La Rioja, Logroño e vão até Santo Domingo de la Calzada, onde aí terão a principal dificuldade e a única subida categorizada, que não é muito complicado, é de 3ª categoria. Depois regressam para a capital, onde se situa a linha de chegada.
Percurso ideal para que o pelotão chegue compacto com o final a ser decidido ao sprint.



Startlist
Aqui

Condições meteorológicas

A temperatura rondará os 15ºC durante toda a prova e com ausência de chuva. Mas é o vento que poderá ser o grande problema. Irá soprar de noroeste, na segunda parte da prova, os corredores apanharão vento lateral.

Favoritos

Cinco equipas portuguesas estão presentes, aqui fica um pouco do que podem fazer na prova.

W52-FC Porto-Mestre da Cor
Em 2016 a equipa portista venceu coletivamente, com três homens no top-10. Este ano, voltará a ter uma equipa forte, principalmente para uma chegada em pelotão. Samuel Caldeira, Daniel Freitas e Juan Pérez tentarão repetir a boa prestação.
Dorsais: 
61-Gustavo Veloso
62-Raúl Alarcón
63-Daniel Freitas
65-Jacobo Ucha
64-Juan Ignácio Pérez
66-Samuel Caldeira
67-Joaquim silva
68-João Rodrigues

Louletano - Hospital de Loulé
Vicente Garcia de Mateos foi 7º na edição anterior e é novamente a grande aposta da equipa de Loulé. Luis Mendonça também pode estar entre os primeiros lugares.
Dorsais:
81-Vicente Garcia de Mateos
82-David de la Fuente
83-Andre Evangelista
84-Oscar Hernandez
85-Luis Mendonça
86-Rui Emanuel Rodrigues
87-Nuno Almeida
88-Pedro Paulinho

Sporting/Tavira
A equipa sportinguista deve apostar no espanhol Jesus Ezquerra para o final. Apenas estarão em prova 7 ciclistas da equipa verde e branca.
Dorsais:
101-Jóni Brandão
102-David Livramento
103-Fábio Silvestre
104-Jesus Ezquerra
105-Alejandro Marque
106-Mario Gonzalez
107-Frederico Figueiredo

LA Alumínios-Metalusa
A LA Alumínios-Metalusa, não tem ninguém que se possa dizer que pode-se intrometer no sprint final. A estratégia deverá passar por colocar alguém numa fuga.
Dorsais:
121-Edgar Pinto
122-César Fonte
123-Luis Afonso
124-João Matias
125-Zulmiro Magalhães
126-Samuel Blanco
127-Antonio Angulo
128-Hugo Sancho

Rádio Popular Boavista
As opções do Boavista, serão centradas em Filipe Cardoso e Domingos Gonçalves, dois ciclistas com uma boa ponta final.
Dorsais:
131-Egor Silin
132-Víctor Etxeberria
133-Pablo Guerrero
134-Daniel Sanchez
135-Filipe Cardoso
136-Domingos Gonçalves
137-Luis Gomes
138-David Rodrigues

***** Carlos Barbero
**** Michael Albasini, Jose Joaquin Rojas, Eduard Prades
*** Dylan Page, Michael Hepburn, Samuel Caldeira
** Vicente Garcia De Mateos, Jason Lowndes, Luis Mendonça, Filipe Cardoso, Albert Torres
* Garikoitz Bravo, Damien Howson, Domingos Goncalves, Jonathan Castroviejo

A nossa aposta: Carlos Barbero
Depois da surpreendente prestação abaixo das expectativas da Movistar no GP Miguel Indurain, não se espera outra coisa do que a equipa responder já nesta prova. A equipa tem dois bons finalizadores, Carlos Barbero e Juan Joaquin Rojas. Achamos que Barbero é aquele que está em melhor forma.

Outsider: Eduard Prades
A Caja Rural, ao contrário de 2016, está muito apagado. Eduard Prades é o sprinter da equipa esta prova e dos que estão em prova, apenas Barbero em teoria é superior.

Seguir em directo: @VueltaLaRioja#vueltalarioja 

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário