Equipas confirmadas para a Volta ao Algarve, Tour de França 2018, Purito correr ou não correr


Equipas confirmadas para a Volta ao Algarve

As equipas começaram já a confirmar a sua presença na Volta ao Algarve. São já 18 as que disseram sim à chamada para participar na 43º edição da algarvia que decorrerá entre 15 e 19 de Fevereiro.
Para já estão confirmadas 7 equipas WorldTour: Astana, Bora-Hansgrohe, Cannondale-Drapac, Dimension Data, Katusha-Alpecin, Lotto Soudal e Quick-Step Floors. 
Do escalão Pro Continental estão confirmadas 4 equipas: Wanty-Groupe Gobert, Gazprom-RusVelo, Caja Rural-Seguros-RGA e Manzana Postobón.
Contará ainda com a presença de 7 equipas do escalão Continental, sendo 6 portuguesas e uma dos EUA: Efapel, Louletano - Hospital de Loulé, Rádio Popular Boavista, Sporting Clube de Portugal/Tavira, W52-FC Porto-Porto Canal, LA Alumínios-Metalusa e Rally Cycling.
No total serão 24 as equipas a participar na prova, estando ainda por ocupar 6 lugares. Aguardemos para ver quais serão as equipas que faltam.

Tour de França 2018

Apesar de ainda faltarem alguns meses para a edição de 2017 do Tour de França, a edição de 2018 já faz correr alguma tinta. 
Existe a informação que a edição de 2018 do Tour irá passar pela Bretanha e que há a possibilidade de visitar o departamento de Finistère, zona da peculiar clássica Tro-Bro Léon. Começaram logo a surgir os rumores que o Tour, ao passar na zona da clássica pudesse ter um pouco dela numa das etapas. 
Esta clássica, tal como já falamos aqui no blogue, é diferente. Um pouco ao estilo Strade Bianche mas com algumas diferenças. O piso dos seus sectores é talvez mais duro do que o da clássica italiana. 
O que se sabe é que tanto Christian Prudhomme como Pierre-Yves Thouault visitaram a zona e algumas cidades que poderão ser as chegadas/partidas das etapas e todas encontram-se na zona da dita clássica francesa.

Purito correr ou não correr

É motivo para dizermos 'eis a questão'. De facto já não se sabe muito bem em que é que este tema vai dar. Rodríguez tinha dito adeus ao ciclismo até que a nova equipa Bahrain-Merida o decidiu contratar. Depois disso começou a novela do 'correr ou não correr' e que ainda não tem fim à vista.
Por estes dias, durante um estágio de pré-temporada, Joaquim Rodríguez deu uma entrevista na qual fala sobre a possibilidade de correr no próximo ano.  
Ao diário Sport Purito disse: "Não será uma novela, no estágio de Janeiro já terei decidido. A limitação sou eu que irei colocar. A única maneira de eu voltar é que veja como tudo corre nos primeiros treinos e que volte a ter ritmo de trabalho, de competição e a ambição de ganhar."
Purito falou ainda sobre qual será o seu calendário se decidir correr no próximo ano: "Gostava de começar na Argentina, fazer o Tirreno, Catalunha, País Basco, clássicas. A chave para tudo isto é a minha forma física. Se sou capaz de voltar a estar bem física e mentalmente não vale a pena fazer só a Liege-Bastogne-Liège e do Giro. Se volto apenas para isso e não ganho, não vale a pena". 
Ficaremos então a aguardar que o final do ano nos trago o desfecho sobre o futuro de Purito.

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

1 comentário: