Tour 2016 - Antevisão 8ª Etapa

A etapa 8 desta edição do Tour prevê-se de uma dificuldade muito grande, com mais de 180 quilómetros e 4 contagens de montanha.

Perfil da 8ª etapa 







Parte final da etapa
Etapa muito dura, que terá a primeira contagem de montanha de categoria máxima. Os primeiros 60 Kms são em falso plano, até ao inicio da subida do mítico Col de Tourmalet, a 'tal' subida de categoria especial. Apartir daqui é subir, seguido de descida e nova subida. Depois do Tourmalet aparece o Hourquette d'Ancizan, de 2ª categoria, logo depois, Col de Val Louron-Azet  de 1ª categoria e a última ascensão é o duro Col de Peyresourde, de 1ª categoria, que fica a 16 Kms da meta. Depois é descer a caminho de Bagnères-de-Luchon.
Subidas categorizadas:
Km 86.0 - Col du Tourmalet (2 115 m) 19 Km@7,4% - cat. especial
Km 120.0 - Hourquette d'Ancizan (1 564 m) 8,2Km@4,9% - cat. 2
Km 148.0 - Col de Val Louron-Azet (1 580 m) 10,7Km@6,8% - cat. 1
Km 168.5 - Col de Peyresourde (1 569 m) 7,1Km@7,8% - cat. 1

Cidade de partida: Pau


Ville de Pau
Pau é uma cidade francesa situada no departamento dos Pirenéus-Atlânticos, na região da Aquitânia-Limusino-Poitou-Charentes.
Situada no sopé dos Pirinéus, a localidade é conhecida pelos seus talentos emergentes, tanto em desportos de montanha, como no rugby. É já um habitué como cidade de início de etapas do Tour. Conta com cerca de  87,500 habitantes.

Cidade de chegada: Bagnères-de-Luchon

O pelotão do Tour de France de 2014 a passar em
Bagnères-de-Luchon
Bagnères-de-Luchon é uma localidade francesa situada no departamento de Haute-Garonne e na região Languedoc-Roussillon, Midi-Pyrénées. É apelidada de "a rainha dos Pirenéus". Não possui estância de esqui, mas através de um teleférico é possível chegar à estância localizada na cidade vizinha de St. Aventino.
Realiza-se na cidade, há 18 anos, o festival de tele-filmes Luchon. Um evento que atrai mais de 1000 profissionais credenciados, aberto ao publico em geral e que recebe milhares de pessoas para verem os sessenta filmes exibidos ao longo de 5 dias.

Condições atmosféricas
Dia perfeito na zona dos Pirinéus. Praticamente sem vento e com Sol o dia inteiro, as temperaturas estarão na casa dos 23 a 28ºC.




Favoritos:
Mais uma etapa ideal para uma fuga vingar. No grupo dos favoritos, depois do mau dia de Pinot, a dúvida será se algum dos principais candidatos vai atacar.
*** Rui Costa, Vincenzo Nibali
** Ilnur Zakarin, Jakob Fuglsang, Diego Rosa, Romain Bardet
* Alejandro Valverde, Chris Froome, Fabio Aru, Tejay Van Garderen

A nossa aposta: Rui Costa
O ciclista português na etapa anterior tentou entrar na fuga, mas não conseguiu. Esta etapa é ideal para ele, com montanha, descidas técnicas se sobretudo com muita liberdade. A sua leitura de corrida e inteligência, também são factores que fazem dele um ciclista para este tipo de etapas. 
Seria a 4ª vitória de etapa no Tour da sua carreira.

Outsider: Romain Bardet
Se a fuga não tiver sucesso, Bardet é a nossa aposta no grupo dos favoritos. É um corredor que desce bem, e nesta etapa, os últimos 16 Kms são em descida. Um ataque aí por parte de Bardet não seria surpresa.

Seguir em directo: Eurosport 1, RTP 2, @LeTour#TDF2016

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário