Tour 2016 - Antevisão 5ª Etapa

A 5ª etapa, é o primeiro teste aos homens da geral. Não sendo uma etapa de uma dificuldade extrema, pode fazer diferenças importantes entre os favoritos.
Perfil da 5ª etapa

Últimos 36 quilómetro da etapa com três contagens de montanha

Últimos quilómetros da etapa
É a 3ª etapa seguida acima dos 200 Kms, que faz com que o cansaço se acumule no ciclistas. Ainda por cima as coisas nesta etapa já vão aquecer um pouco, já que há muita montanha, apesar de não ser nada de extraordinário. 
Os primeiros Kms são muito tranquilos, apenas com uma contagem de 4ª categoria. Espera-se que uma fuga se forme nesta fase da etapa.
Os últimos 80 Kms são bem complicados, com nada mais nada menos do que 5 contagens de montanha, três de 3ª categoria, um deles a coincidir com o final e duas de 2ª categoria.
Subidas categorizadas:
Km 16.5 - Côte de Saint-Léonard-de-Noblat 1.7 Km@5.2% - cat. 4
Km 142.5 - Côte du Puy Saint-Mary 6.8 Km@3.9% - cat. 3
Km 173.5 - Col de Neronne 7.1 Km@3% - cat. 3
Km 185.0 - Pas de Peyrol (Puy Mary) (1 589 m) (D680-D17) 5.4 Km@8.1% - cat. 2
Km 201.5 - Col du Perthus (1 309 m) 4.4@7.9% - cat. 2
Km 213.5 - Col de Font de Cère 3.3 Km@5.8% - cat. 3

Cidade de partida: Limoges

Place Fontaine des Barres
Limoges é um município, capital do departamento de Haute-Vienne e a capital administrativa da Limousin no centro-oeste da França.
A cidade é conhecida pela sua porcelana do século 19 e pelos seus barris de carvalho que são usados para a produção de Cognac e de Bordeaux. 
Limoges é também uma cidade de desporto. O seu clube de basquetebol, CSP Limoges, é o mais bem sucedido clube francês em qualquer desporto de equipe e a cidade recebe frequentemente grandes eventos desportivos como a Copa Davis.

Cidade de chegada: Le Lioran


Estância de esqui de Le Lioran
Le Lioran é uma estância de esqui localizada no Maciço Central, bem no coração das montanhas Cantal. Os primeiros esquiadores apareceram em 1906 porém, a estância apenas foi fundada na década de 1960.
Hoje em dia, a estância de Le Lioran é a mais procurada do Maciço Central. Conta com 44 pistas de esqui o que equivale a mais de 60 quilómetros, um teleférico de seis lugares e 18 elevadores de esqui. 
Mas nem só de esqui vive a zona. Uma pista de gelo faz a delícias de muitos. É também perfeito para quem gosta de caminhadas com trilhos para descobrir os segredos do vulcão e, para os amantes do dolci far niente, conta com um spa.

Condições atmosféricas
Dia com perfeitas condições para a prática de ciclismo! Temperaturas vão variar durante a etapa entre os 18 e 27 ºC. Vento praticamente inexistente.

Favoritos:
Etapa longa, a 3ª em três dias a ultrapassar os 200 Kms. Ideal para uma fuga se formar, com fortes possibilidades de ter sucesso,se as melhores equipas não estiverem dispostas a perseguir. Equipas como a Etixx, que tem Daniel Martin e Julian Alaphilippe como candidatos para a etapa.

*** Julian Alaphilippe, Alejandro Valverde
** Daniel Martin, Peter Sagan, Tony Gallopin, Rui Costa
* Chris Froome, Warren Barguil, Greg Van Avermaet, Adam Yates, Joaquim Rodriguez

A nossa aposta: Julian Alaphilippe
Fez segundo na 2ª etapa batido por Peter Sagan, a nova estrela do ciclismo francês, tem aqui uma etapa bem ao seu jeito. Com um final em subida, mas nada de extremo. A Etixx depois de vencer com Kittel, quererá repetir a façanha e tem em Alaphilippe e Daniel Martin, duas cartas importantes para este dia.

Outsider: Tony Gallopin
O francês da Lotto-Soudal é muito forte neste tipo de chegadas e tem aqui uma oportunidade para voltar a vencer uma etapa na Volta à França. Está em boa forma, foi sétimo na 2ª etapa.

Seguir em directo: Eurospor 1, RTP 2, @LeTour#TDF2016

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário