Grand Prix Cerami (1.1) - Antevisão

Esta clássica belga, serve de preparação para a Volta à Valónia, que começa no próximo sábado. Esta será a 50ª edição, da prova que homenageia o ciclista Pino Cerami, vencedor da Paris-Roubaix e da Flèche Wallone de 1960.
A prova já foi vencida por grandes nomes da história da modalidade como pro exemplo: Eddy Merckx, Ferdinand Bracke, Joop Zoetemelk, Bernard Hinault  e Michele Bartoli.

História
últimos 10 vencedores
2005 Kai Reus (NED) Rabobank Continental Team
2006 Sebastian Langeveld (NED) Skil–Shimano
2007 Luca Solari (ITA) Team LPR
2008 Patrick Calcagni (SUI) Barloworld
2009 Não houve corrida
2010 Jure Kocjan (SLO) Carmiooro NGC
2011 Bert Scheirlinckx (BEL) Landbouwkrediet
2012 Gaëtan Bille (BEL) Lotto–Belisol
2013 Jonas Vangenechten (BEL) Lotto–Belisol
2014 Alessandro Petacchi (ITA) Omega Pharma–Quick-Step
2015 Philippe Gilbert (BEL) BMC Racing Team

Edição 2015 (top-10)
1 Philippe Gilbert (Bel) BMC Racing Team 4:44:03
2 Danny Van Poppel (Ned) Trek Factory Racing
3 Tom De Vriendt (Bel) Wanty - Groupe Gobert
4 Tom Boonen (Bel) Etixx - Quick-Step
5 Sébastien Turgot (Fra) AG2R La Mondiale
6 Christopher Lawless (GBr) Team Wiggins
7 Antoine Demoitie (Bel) Wallonie - Bruxelles
8 Philipp Walsleben (Ger) BKCP-Powerplus
9 Laurent Pichon (Fra) FDJ.fr
10 Jeroen Meijers (Ned) Rabobank Development Team

Percurso
Saint Ghislain › Frameries (211 Km)
O percurso na primeira parte, passará elos lendários Muur de Geraardsbergen e o Kapelmuur. O circuito final tem uma subida final, que influenciará o vencedor, se a decisão for em grupo.

Perfil da prova
Principais subidas
Startlist

Favoritos
Apesar dos último Km ser em subida, a inclinação é baixa o que pode permitir a sprinters como Arnaud Démare dipsutar o sprint, caso consiga chegar no grupo da frente. A prova tanto se adapta a clássicomanos como a sprinters mais versáteis.

***** Arnaud Démare
**** Tom Boonen, Timothy Dupont
*** Kenny Deahes, Gaeten Bille, Baptiste Planckaert
** Matteo Trentin, Enrico Gasparotto, Tosh Van der Sane
* Rudy Barbier, Raymond Kreder, Gianni Meersman, Kris Broeckmans, Mads Perdersen, Sean de Bie

A nossa aposta: Arnaud Démare
A chegada não é ao seu estilo, mas é de longe o melhor sprinter em prova. Se coneguir estar com os da frente é o principal favorito na chegada.
Outsider: Tom Boonen
É um bom finalizador e além disso move-se como poucos neste tipo de clássicas. Tem a melhor equipa para o apoiar. Apesar de já não estar na melhor fase da carreira, é um nome incontornável.

Seguir em directo:  #gpcerami, TéléMB.be

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário