Volta à Alemanha vai regressar, uma década depois


A Volta à Alemanha em ciclismo, suspensa desde 2008, vai renascer em 2017 ou 2018 e será organizada pela Amaury Sport Organisation (ASO), que organiza várias provas do calendário velocipédico, incluindo a Volta a França. 
Um acordo de cooperação, anunciado esta terça-feira pela ASO, foi estabelecido entre a sociedade francesa e a Federação Alemã de Ciclismo, proprietária da prova. 
"Graças à dinâmica gerada pela partida da Volta a França de 2017, em Dusseldorf, e aos resultados de uma nova geração de campeões alemães, as condições estão reunidas para que o ciclismo seduza novamente um grande número de alemães", explicou a ASO em comunicado, revelando que o acordo entre as duas partes será por dez anos.
No ano passado, o Tour regressou ao canal público alemão ARD, depois de três anos de ausência. 
Em 2012, os dois principais emissores alemães, ARD e ZDF, puseram um ponto final na transmissão televisiva da principal prova velocipédica mundial, depois de vários escândalos de dopagem, nomeadamente o do norte-americano Lance Armstrong, terem sacudido o ciclismo. 
"A Alemanha tem a vocação para voltar a ser um país-chave do ciclismo", considerou Christian Prudhomme, o diretor do Tour, em declarações à AFP. 
A nova Volta à Alemanha ainda não tem data definida, mas deverá acontecer em maio ou agosto.
Em dezembro, o país tinha ficado sem provas por etapas, devido ao cancelamento da Volta à Baviera.
De acordo com a federação alemã, presidida pelo antigo ministro Rudolf Scharping, mais de 27 milhões de alemães praticam regularmente atividades velocipédicas.

Fonte: http://www.dn.pt/desporto/interior/volta-a-alemanha-vai-regressar-5066841.html

Também pode interessar:

jdragon cycling team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário