Bruno Pires reforça a Roth-Skoda

Bruno Pires com os responsáveis da equipa suiça (foto retirada do facebook oficial do atleta)

O ciclista português Bruno Pires, ex-Tinkoff-Saxo vai levar a sua experiência para a Roth-Skoda da categoria Profissional Continental.
Pires vai para a equipa suíça depois de quatro anos com o Tinkoff-Saxo no WorldTour, e antes disso um ano na Leopard Trek. O português correu dois Giros e uma Vuelta a España.
Torna-se assim o 19º ciclista da Roth-Skoda.

Aqui fica o anúncio de Bruno Pires através da sua página de facebook:

Bom dia
Chegou o momento de anunciar que nos próximos 2 anos farei parte do novo projecto Roth-Skoda Suiça que solicitou a licença ProContinental para 2016.
Trata-se de um projecto que tem o objectivo de ir crescendo no ciclismo internacional e ajudar a criar e desenvolver os jovens talentos Suíços.
Vejo um projecto organizado e com boa estrutura, um grupo jovem mas dinâmico.
Sou o corredor mais velho da equipa e á partida com mais experiência, e é essa experiência que a equipa pede na ajuda a fazer crescer este projecto.
Penso que os 12 anos de ciclista profissional e 5 nas melhores equipas do Mundo podem ser uma mais valia para todos, e acho que chegou o momento de ter esse papel, esperando que o consiga fazer.
Neste momento a equipa espera a confirmação da licença Pro Continental o que acredito que vai acontecer pois estão a trabalhar nesse sentido, temos competições importantes como o Tour de Romandia e o Tour de Suiça, mas penso que outras corrida importante iram convidar a equipa para estar presente, assim como algumas provas em Portugal
Para terminar tenho a agradecer a todas as pessoas que estão a acreditar em mim, e me ajudaram em todo o processo.
Bruno Pires

Depois das passagens pela Leopard-Trek e Tinkoff-Saxo, no principal escalão do ciclismo mundial, o ciclista de 34 anos, natural do Redondo, continuará lá por fora, desta vez num projecto de uma equipa Pro-Continental.
Este ano estivemos à conversa com ele, podem ler aqui.

 

Também pode interessar:

jdragon cycling team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário