Os Portugueses no Tour



Apesar de Joaquim Agostinho ser o nome mais sonante quando se fala das participações portuguesas na maior prova de ciclismo mundial, outros nomes foram também protagonistas no Tour de France. Portugal tem mesmo uma longa tradição de participações na prova francesa. Eis alguns factos por ordem cronológica:

Alves Barbosa foi o primeiro português a participar no Tour de France, em 1956 e obteve o 10º lugar na classificação geral. 

Como já referi, o nome que mais se destaca quando se fala de presenças de portugueses é o de Joaquim Agostinho, e faz sentido pois detém o recorde de presenças de um ciclista nacional na corrida, com um total de 13 participações, e detém ainda o recorde de vitórias em etapas, com um total de 5. E como se não bastassem estes dois recordes , tem também o da melhor posição na classificação geral, com um brilhante 3º lugar em 1978 e em 1979. E claro que não pode faltar a menção que venceu a mítica chegada ao topo do Alpe d’Huez e para relembrar este feito, Agostinho tem mesmo uma estátua na 14.ª curva dessa subida.
A titulo de curiosidade, Joaquim Agostinho terminou o seu último Tour em 1983, quando já contava com 40 anos de idade.
Acácio da Silva foi outro dos portugueses que se destacou no Tour. O homem de Montalegre foi o único português que conseguiu andar com a Maillot Jaune, símbolo de liderança da prova. Foi no ano de 1989, quando venceu a etapa inaugural e foi líder durante cinco etapas.

Acácio da Silva de amarelo (na imagem)

Em 2004 José Azevedo obtém um lugar de destaque ao conquistar a 5ª posição da geral, naquele que foi o melhor resultado obtido pelos portugueses em largos anos. 
Houveram mais portugueses a completar as três as semanas da prova, temos então Marco Chagas, Fernando Mendes ou José Martins também participaram e concluíram a prova de três semanas. (Não estão incluídos ciclistas em actividade).


A presença de Miguel Relvas no Tour em destaque (na imagem)

Em 2012 tivemos uma participação diferente, Miguel Relvas foi o Tour, a sua fama ultrapassou barreiras e conquistou a atenção de milhões. Um caso excepcional pois não se sabe se chegou a terminar a etapa ou foi de carro e pediu equivalência...

 

Também pode interessar:

jdragon cycling team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário