Tour of the Gila (2.2) de 2015 salvo e financiado por corredor anónimo

Pódio da 1.ª etapa da edição de 2014 do Tour of the Gila (na imagem)
Um corredor anónimo do Colorado entrou em cena para resgatar o “Tour of the Gila” da sua possível extinção. O Silver City Daily Press informou que o doador já competiu na “Tour of the Gila” no passado e queria ter outra hipótese de voltar a competir na mesma prova.

O organizador da corrida Jack Brennan disse que o benfeitor não quer ser identificado ainda, mas afirmou categoricamente que não era Lance Armstrong, que reside em Aspen.

A corrida apelou ao público para ajudar a preencher um deficit orçamentário estimado em 40 mil dólares, que tinha de ser confirmada antes de amanhã, ou a corrida teria que ser cancelada. Brennan confirmou à comunicação social que o compromisso do novo patrocinador foi suficiente para permitir que ambas as provas, masculina e feminina, classificadas como UCI 2.2, se realizarem em 29 de Abril, com todas as etapas previstas.

O “Tour of the Gila” enfrentou uma situação semelhante em 2009, quando o fabricante de componentes SRAM, entrou em cena para dar à corrida um indulto de última hora. Lance Armstrong correu as edições de 2009 e 2010 na equipa "Mellow Johnny" para ajudar a aumentar a estatura da prova e garantir patrocínios futuros. SRAM manteve-se como principal patrocinador até 2012.



Também pode interessar:

Pedro Ramos

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário