Jean-René Bernaudea admite que os ciclistas da Europcar estão livres para sair da equipa!

O Director Desportivo da Europcar, Jean-René Bernaudea em declarações ao L'Équipe, reagiu à perda de licença World Tour da sua equipa devido a problemas financeiros: "Somos impressionantes a nível administrativo e muito bons do ponto de visto ético, mas uma diferença de 6% entre a estimativa de receitas e despesas, fizeram a diferença".

Europcar na frente do pelotão (na imagem)
De acordo com o Director Desportivo a equipa opera com um orçamento baixo: "Trabalhamos com um orçamento metade abaixo da média do orçamento World Tour de 14 milhões. Existem 3 equipas Pro-Continentais com um orçamento mais alto que o nosso. Os meus corredores não são pagos o que realmente merecem".

Sobre a possibilidade da equipa perder ciclistas por ter perdido a licença World Tour, Jean-René Bernaudea, é bem claro, se receberem propostas, a Europcar não poderá impedir a saída dos mesmos. A equipa já perdeu o primeiro convite da época e não estará presente na Austrália, para o Tour Down Under.

Será que Voeckler, Rolland e Coquard irão mudar de ares?

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário