A temporada de 2015 será sem a equipa de Fernando Alonso


Fernando Alonso e Peter Sagan

Fernando Alonso confirmou que as suas esperanças de formar uma equipa de ciclismo profissional não vai se materializar em 2015, mas insistiu que ainda tem planos para estabelecer uma equipa no futuro. O piloto de Fórmula 1 estava falar na quarta-feira num evento organizado por um dos seus patrocinadores na Cidade do México quando confirmou que a "sua" equipa não vai sair à estrada em 2015.

"Com certeza que a minha intenção e o meu desejo foi o de criar uma equipa profissional, mas uma série de circunstâncias têm ocorrido", disse Alonso, de acordo com a agência de notícias EFE. "Eu acho que se pode combinar os dois desportos muito bem, e isso é algo que eu quero fazer no futuro."
Alonso primeiro lançou a ideia de formar uma equipa no Outono de 2013, quando ele foi ligado a um pacote de resgate para a extinta equipa Euskaltel-Euskadi. Quando essa perspectiva se concretizou, Alonso começou a trabalhar na criação de uma equipa para o início da temporada de 2015 com o ex-técnico da seleção italiana Paolo Bettini contratado para assinar com os ciclistas e tratar de outras questões.
Nos primeiros meses de 2014, a equipe de Alonso foi ligada a um movimento com Peter Sagan, mas o projeto parecia perder força à medida que o ano foi avançando. Em outubro, Alonso anunciou uma parceria com o grupo de investimento desportivo NOVO, mas que acabou por não andar em frente.
Pouco tempo depois, foi relatado que a equipa de Alonso não tinha pedido uma licença para 2015 e no início desta semana Bettini disse o que ele não estava envolvido com o projeto, que tinha parado completamente.
Esta quarta-feira, Alonso admitiu que a NOVO teve uma "visão diferente" especialmente agora no curto prazo. Eles têm outros projetos no ciclismo, mas não exatamente a criação de uma nova equipa. "
Alonso repetiu que o ciclismo poderia sair beneficiado de uma polinização cruzada com algumas das idéias e inovações da Fórmula 1 com o ciclismo.
"Há uma coisa no ciclismo que está a faltar na F1, tais como sacrifício e trabalho em equipa, e depois há coisas que a Fórmula 1 tem e ciclismo não tem, acima de tudo, a tecnologia - as bicicletas são limitadas pelas regras e eles não desenvolveram a tecnologia . "

Também pode interessar:

jdragon cycling team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário