Iljo Keisse (Deceuninck-QuickStep) acusado de assédio sexual

A foto que resultou em acusação de assédio sexual (Fonte: Telesol Diario)
O ciclista Iljo Keisse da Deceuninck-QuickStep foi acusado de assédio sexual. Tudo aconteceu na Argentina onde está a decorrer a Vuelta a San Juan. Uma mulher pediu para tirar uma foto com alguns elementos da equipa, grupo do qual fazia parte Keisse, e o ciclista posou de forma considerada obscena para a foto, fingiu um ato sexual por trás dela e, segundo a própria, "tocou-lhe com os genitais".

A mulher apresentou queixa contra Keisse por assédio e o belga já foi notificado para comparecer perante a justiça de forma a serem esclarecidos os factos.
"Estou muito zangada. Eles faltaram-me ao respeito, eu estava a trabalhar, pedi uma foto e eles faltaram-me ao respeito. Já falei com os meus advogados para ver o que podemos fazer".
"Eles não podem vir para outro país e tratar as mulheres como objectos, como algo insignificante e sem valor. Estamos na Argentina e ele não pode vir para cá fazer o que lhe apetece. Espero que pelo menos o sancionem ou o chamem à atenção."

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário