Bora-Hansgrohe, Wanty-Groupe Gobert e Quick-Step Floors apresentam equipas para o Tour


Mais três equipas apresentaram os seus oito ciclistas que estarão presentes na edição deste ano da Volta à França.
Começamos pela equipa mais vitoriosa do pelotão mundial, a Quick-Step Floors. Como era de esperar apresenta um coletivo muito forte.
- Julian Alaphilippe
- Tim Declercq
- Fernando Gaviria
- Philippe Gilbert
- Bob Jungels
- Yves Lampaert
- Maximiliano Richeze
- Niki Terpstra
A principal aposta está em Gaviria, que terá diversas oportunidades nas etapas ao sprint, Richeze será o principal apoio do colombiano. A etapa do pavé é outro objetivo da equipa, que apresenta Gilbert, Terpstra e Lampaert.
Bob Jungels é a aposta para a geral, o luxemburguês já fez duas vezes top-10 no Giro. Não terá grande apoio para a montanha. 



A Bora-Hansgrohe foi outra que revelou o conjunto que estará no Tour. A principal figura é naturalmente, Peter Sagan.
- Maciej Bodnar
- Marcus Burghardt
- Rafał Majka
- Gregor Mühlberger
- Daniel Oss
- Paweł Poljański
- Lukas Pöstlberger
- Peter Sagan
A equipa centra-se em Peter Sagan, mas este ano Rafal Majka terá também apoio para a montanha com Paweł Poljański e Gregor Mühlberger. Daniel Oss, Lukas Pöstlberger, Marcus Burghardte e Maciej Bodnar serão os homens para o plano e pavé.


Uma das equipas que recebeu o wildcard, a Wanty-Groupe Gobert também apresentou a sua equipa.
- Thomas Degand
- Timothy Dupont
- Guillaume Martin
- Marco Minnaard
- Yoann Offredo
- Andrea Pasqualon
- Dion Smith
- Guillaume Van Keirsbulck
Destaque para Guillaume Martin, que é um ciclista interessante para a montanha, devemos o ver em fugas nos dias duros. Dupont, Pasqualon e Dion Smith são finalizadores competentes e não será surpreendente vê-los nalguns dias no top-10 da etapa. Van Keirsbulck, Degand, Minaard e Offredo são ciclistas que costumam andar pelas fugas.


Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário