Route du Sud (2.1) - Antevisão


A Route du Sud realizou-se pela primeira vez em 1977 e desde 2005 tem sido organizada como um evento de 2.1, fazendo parte da UCI Europe Tour. É geralmente realizada duas semanas antes da Volta à França, sendo utilizada como prova de preparação para alguns corredores que estarão na principal prova do ciclismo mundial.
A prova ao longo dos anos tem sido dominada pelos franceses, que venceram por 18 vezes. Gilbert Duclos-Lassalle é o recordista com três vitórias.

História
últimos 10 vencedores
2007 Óscar Sevilla (ESP) Relax-GAM
2008 Dan Martin (IRL) Slipstream-Chipotle
2009 Przemysław Niemiec (POL) Miche-Silver Cross
2010 David Moncoutié (FRA) Cofidis
2011 Vasil Kiryienka (BLR) Movistar Team
2012 Nairo Quintana (COL) Movistar Team
2013 Thomas Voeckler (FRA) Team Europcar
2014 Nicolas Roche (IRL) Team Tinkoff-Saxo
2015 Alberto Contador (ESP) Team Tinkoff-Saxo
2016 Nairo Quintana (Col) Movistar Team

Edição 2016 (Top-10)
1 Nairo Alexander Quintana Rojas (Col) Movistar Team 16:34:57   
2 Marc Soler (Spa) Movistar Team 0:00:36   
3 Nicolas Edet (Fra) Cofidis, Solutions Credits    0:01:06   
4 Thomas Voeckler (Fra) Direct Energie 0:01:15   
5 Sergio Pardilla Bellon (Spa) Caja Rural-Seguros RGA 0:01:55   
6 Ricardo Vilela (Por) Caja Rural-Seguros RGA 0:02:01   
7 Mikel Bizkarra (Spa) Euskadi Basque Country - Murias 0:02:12   
8 Stéphane Rossetto (Fra) Cofidis, Solutions Credits 0:02:20   
9 Luis Angel Mate Mardones (Spa) Cofidis, Solutions Credits 0:02:36   
10 Artem Nych (Rus) Gazprom-Rusvelo 0:02:38

Percurso
15 Junho - 1ª Etapa: Villeveyrac › Saint-Pons-de_Thomières (176,6 Kms)
16 Junho - 2ª Etapa: Espace Loisirs Sor et Agout › Saramon (173,8 Kms)
17 Junho - 3ª Etapa: Saint-Gaudens › Gavarnie-Gèdre (167 Kms)
18 Junho - 4ª Etapa: Gers-Saint Michel › Nogaro (154,8 Kms)
Total: 672,2 Kms

A prova está dividida em quatro etapas, com a 3ª a ser aquela que decidirá o vencedor da prova, com chegada a Gavarnie-Gèdre, onde as diferenças irão ser consideráveis.
A 1ª etapa tem 3 contagens de montanha, não muito longe da meta, mas não são muito duras, porém não será de estranhar se os favoritos disputem a etapa. As 2ª e 4ª etapas são mais acessíveis, onde os velocistas podem brilhar. 

Perfis
15 Junho - 1ª Etapa: Villeveyrac › Saint-Pons-de_Thomières (176,6 Kms)
Perfil da 1ª Etapa
** Geraint Thomas, Rigoberto Uran, Sámuel Sanchez
* Bryan Coquard, Carlos Barbero, Tom-Jelte Slagter. Nicolas Edet, Wout Poels, Mauro Finetto

16 Junho - 2ª Etapa: Espace Loisirs Sor et Agout › Saramon (173,8 Kms)
Perfil da 2ª Etapa

** Bryan Coquard, Elia Viviani
* Jempy Drucker, Carlos Barbero, Daniel Mclay, Clement Venturini

17 Junho - 3ª Etapa: Saint-Gaudens › Gavarnie-Gèdre (167 Kms)
Perfil da 3ª Etapa

** Sérgio Henao, Rigoberto Uran
* Wout Poels, Geraint Thomas, Samuel Sanchez, Daniel Moreno, Pierre Rolland, Sergio Pardilla

18 Junho - 4ª Etapa: Gers-Saint Michel › Nogaro (154,8 Kms)
Perfil da 4ª Etapa
** Bryan Coquard, Elia Viviani
* Jempy Drucker, Carlos Barbero, Daniel Mclay, Clement Venturini

Startlist
Aqui

Favoritos

***** Geraint Thomas
**** Sergio Henao, Rigoberto Uran
*** Wout Poels, Samuel Sanchez, Daniel Moreno
** Nicolas Edet, Pierre Rolland, Sergio Pardilla
* Luis Angel Maté, Manuel Senni, Kenny Elissonde

A nossa aposta: Geraint Thomas
A Sky apresenta uma equipa de luxo, com Thomas, Sérgio Henao, Poels e Moscon no alinhamento, alguns destes estarão na Volta à França. Também têm Viviani para os sprints.
O britânico teve muito azar no Giro e com o Tour à porta, deve querer mostrar algo para compensar o desastre que aconteceu em Itália, antes de trabalhar para Froome.

Outsider: Rigoberto Uran
O colombiano será o líder da Cannondale na Volta à França e face à concorrência presente, é um dos favoritos. A sua preparação está perto do final e com a aproximação do principal objetivo, o pico de forma já não pode estar muito longe.

Seguir em directo: @RDSudOfficiel, #RDS2017

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário