Peter Sagan começa Tirreno-Adriático com ligadura no polegar

Peter Sagan ao lado de Vincenzo Nibali na conferência de imprensa (Foto: Bettini Photo)
Após ter abandonado a Strade Bianche no sábado passado, Peter Sagan apresentou-se na conferência de imprensa do Tirreno-Adriático com uma ligadura no polegar, o que chamou à atenção da comunicação social e dos fãs que questionavam sobre uma possível lesão.

Sagan afirmou estar a sentir-se bem e no sábado não abandonou devido à queda mas sim por se sentir adoentado:
"Eu já me sinto bem. Sábado sentia-me um pouco doente. Depois que me vi envolvido numa queda, decidi desistir. No Domingo e na Segunda feira optei por não pegar na bicicleta. Mas agora já me sinto bem e quero fazer algo nesta prova". 

Sobre a ligadura no polegar, a equipa afirma não haver qualquer tipo de lesão e ser uma precaução:
"O polegar com a ligadura é uma precaução. O Peter não tem qualquer lesão. Ele sentiu-se um pouco doente, talvez tenha sido uma reação ao estágio de três semanas em altitude, na Sierra Nevada. Esperamos que esta semana ele não tenha qualquer problema", afirmou Enrico Poitschke, director desportivo da Bora-Hansgrohe.

Na primeira etapa, o contra-relógio por equipas, a Bora-Hansgrohe teve o 15º tempo, a 1:11 da equipa vencedora da etapa, a BMC.

Também pode interessar:

Lola Cycling Team

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário