Volta ao Alentejo (2.2) - Antevisão


A 34ª edição da Alentejana está a chegar, durante cinco dias as planícies e montes alentejanos vão ser percorridos pelo pelotão. A primeira edição foi realizada em 1983, ganha por Paulo Ferreira. 
Entre os vencedores estão nomes históricos, como: Marco Chagas, Joaquim Gomes, Miguel Indurain, Melchior Mauri, Joaquim Andrade e David Blanco.
Na “Alentejana” vão-se apresentar à partida 22 equipas em representação de 8 países: Estados Unidos, Noruega, República Checa, Suécia, Espanha, Rússia, Holanda e Portugal. São 10 equipas vindas de fora que se juntam às 12 portuguesas, entre Elite e Sub 23, e onde não consta nenhum antigo vencedor da Volta ao Alentejo. Uma das curiosidades desta prova é que nunca foi ganha duas vezes pelo mesmo corredor. A internacionalização da prova fez com que à 10 anos que nenhum português a vença.

História
últimos 10 vencedores
2006 Sergio Ribeiro (POR) Barbot-Halcon
2007 Manuel Vázquez (ESP) Andalucia-Cajasur
2008 Hector Guerra (ESP) Liberty Seguros
2009 Maxime Bouet (FRA) Agritubel
2010 David Blanco (ESP) Palmeiras Resort-Prio
2011 Evaldas Šiškevičius (LTU) La Pomme Marseille
2012 Alexey Kunshin (RUS) Lokosphinx
2013 Jasper Stuyven (BEL) Bontrager Cycling Team
2014 Carlos Barbero (ESP) Euskadi
2015 Pawel Bernas (POL) ActiveJet Team

Percurso
 1ª etapa - Portalegre › Castelo de Vide (158 Km)
 2ª etapa - Monforte › Montemor-o-novo (206.2 Km)
 3ª etapa - Portel › Beja (186.6 Km)
 4ª etapa - Aljustrel › Grândola (184.7 Km)
 5ª etapa - Santiago do Cacém › Évora (172.3 Km)

Serão 5 etapas, num total 

1ª etapa
Perfil da 1ª etapa
A etapa inaugural inicia-se em Portalegre e contará com subidas ao Cabeço do Mouro (2ª cat.), Monte Paleiros (3ª cat.), Marvão (4ª cat.) e a menos de 20 quilómetros para a meta, que está  em Castelo de Vide, aparece a Sra. da Penha (3ª cat.). As Metas Volantes serão no Crato, Monforte e Portalegre.

2ª etapa
Perfil da 2ª etapa
A 2ª etapa é a mais longa, com partida em Monforte, percorrerá 206,2 km com Metas Volantes em Borba, Redondo e Reguengos de Monsaraz antes de subir e terminar junto ao castelo de Montemor-o-Novo. A parte final é complicada, adequada a puncheurs.

3ª etapa
Perfil da 3ª etapa
A 3ª etapa ligará Portel a Beja, numa extensão de 186,6 km com passagens pelas Metas Volantes na Vidigueira, Serpa e Mértola, A parte final não é plana, porém esta será a única etapa sem qualquer contagem de montanha.

4ª etapa
Perfil da 4ª etapa
A 4ª etapa terá o Litoral Alentejano como pano de fundo. As Metas Volantes vão estar em Castro Verde, Odemira e Sines. Nas Cumeadas, em Santiago do Cacém, aparece a única contagem de montanha (4ª cat.), a faltarem menos de 30 quilómetros para a meta.

5ª etapa
Perfil da 5ª etapa
No último dia de competição, a etapa parte de Santiago do Cacém até Évora, num total de 172,3 quilómetros. As Metas Volantes estão em Isaías, Vendas Novas e Arraiolos, e as contagens de montanha, todas elas de 4ª categoria, serão em Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo. A chegada será  na Praça do Giraldo, em Évora.

Startlist

Lista de equipas:
LA Alumínios – Antarte (Portugal)
W52 - FC Porto (Portugal)
Louletano – Hospital de Loulé (Portugal)
Rádio Popular – Boavista (Portugal)
Sporting CP – Tavira (Portugal)
Efapel (Portugal)
Anicolor (Portugal)
Maia Bike Team (Portugal)
Sicasal – Constantinos - UDO (Portugal)
LibertySeguros – Carglass (Portugal)
Goldwin – Team José Maria Nicolau (Portugal)
Moreira Congelados – Feira - Bicicletas Andrade (Portugal)
Bliz – Merida (Suécia)
USA Cycling (Estados Unidos América)
Euskadi Basque – Murias (Espanha)
Metec TKH Continental (Holanda)
Team Fixit. No (Noruega)
Rally Cycling (Estados Unidos América)
Axeon - Hagens Berman (Estados Unidos América)
Lokosphinx (Rússia)
Team COOP - Oster HUS (Noruega)
Klein Constantia (República Checa)

Favoritos
***** Tao Hart, Amaro Antunes
**** Samuel Caldeira, Sergey Shilov, César Fonte, Danny Pate
*** Johim Ariesen, Tayler Eisenhart, Rafael Silva, Rinaldo Nocentini
** Rui Vinhas, David de la Fuente, Maximilian Schachmann
* Gustavo Veloso, Rafael Reis, João Benta, Jesus Ezquerra

A nossa aposta: Sergey Shilov
Outsider: Johim Ariesen

Seguir em directo: @voltaaportugal

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário