Cadel Evans Great Ocean Road Race (1.HC) - Antevisão


A influência de Cadel Evans no ciclismo australiano é tão grande que aquando da sua retirada no ano passado, foi criada esta clássica com o seu nome.
A primeira edição, foi a última prova como profissional de Cadel Evans, a prova seria ganha pelo belga, Gianni Meersman da Etixx-Quick Step.
A clássica decore no Sul da Austrália, começa e acaba em Geelong e usa parte do circuito que foi usado para os Mundiais de ciclismo em 2010.

História
2015 Gianni Meersman (BEL) Etixx-Quick Step

Percurso
Uma grande parte do percurso foi usado para o Campeonato do Mundo de 2010, ganho por Thor Hushovd. Não há grandes subidas, mas as estradas são muito cénicas ao longo da costa e os telespectadores de TV poderão desfrutar de paisagens espectaculares. 
Os primeiros 113 quilómetros são realizados na zona sul da cidade de Geelong. A primeira parte do percurso é uma estrada costeira plana e ventosa, os ciclistas na segunda parte vão para o interior, onde apanharão subidas, nenhuma delas é muito complicada, a altitude máxima a que chegam os corredores são apenas 171 metros.
A parte final consiste em três voltas a um circuito de 20,2 quilómetros em torno de Geelong que é predominantemente plano. O principal desafio é a pequena subida de Challambra Crest que tem menos de um quilómetro de comprimento.

Perfil dos primeiros 113 Kms

Perfil do circuito de de 20,2 Kms
Startlist

Favoritos
***** Simon Gerrans
**** Ben Swift, Caleb Ewan
*** Reinardt van Rensburg, Mark Cavendish,
**  Nathan Haas, Enrico Battaglin, Steele von Hoff, Niccolo Bonifazio, Danilo Wyss, Leigh Howard
* Alexey Tsatevich, Jack Bobridge, Peter Kennaugh, Luke Rowe, Cameron Meyer, Pim Ligthart, Jarlinson Pantano, Rohan Dennis, Dion Smith

Também pode interessar:

Bruno Dias

Adora ciclismo e tudo o que se relaciona com bicicletas. O mês de maio e julho são sagrados e tem um carinho pelas clássicas da primavera e pela Volta a Portugal. Ao longo dos anos aprendeu a apreciar a Vuelta.

Sem comentários:

Enviar um comentário